E finalmente, conhecemos o La Mar!

Pra fechar o ano com chave de ôro, fomos ao La Mar. A expectativa era grande, fazia tempo que a gente queria ir lá.
O lugar é bem bonito, tem pé direito alto, é moderninho. Antes de ir, a Estelis achou que o lugar era típico de jovens-descolados, mas a gente viu um público bem variado.
O couvert é composto de um ‘balde’ de batatas (e banana?) chips finiiinhas, acompanhado de 3 molhos. Pedimos a degustação de 4 tipos de ceviches (R$ 49,00) e Piqueos Quentes (R$ 58,00), prato com chicharron (peixe e lula fritos), vieira à la Parmesana, camarão laqueado e anticucho (espeto de polvo na brasa com chimichurri e batata). Bom, eu não curto peixe cru, mas dei uma beliscada nas lulas e nas cebolas dos ceviches. Gostei, mas realmente não é dos meus pratos favoritos. A Estelis gostou mais do ceviche tradicional e não das versões com leite.
Dos pratos quentes, gostei de tudo, mas pensei que os temperos seriam mais marcantes. O peixe e a lula fritos não surpreenderam. O camarão e o espeto de polvo realmente estavam gostosos. Gostei bastante da vieira, mas achei que o parmesão encobriu um pouco o sabor do bichinho.
De sobremesa, pedi um suflê de chocolate com sorvete de maracujá e banana (R$ 23,00). O suflê estava bem bom, principalmente a casquinha de coco que envolvia o bolinho, mas gostei mesmo do sorvete! Pena que era uma bola pequena.
O atendimento foi bom. O garçom que nos atendeu era muito simpático, preocupado, sem ser chatão.
É, a experiência não foi incríííível, mas ainda deixou uma vontade de voltar, principalmente pq os pratos principais parecem muito bons. Dessa vez, a gente só ficou nas entradinhas para tentar provar de tudo um pouco, mas realmente não dá.

Atualizado: uma moça do La Mar me ligou no dia seguinte à visita, perguntando se eu havia gostado da experiência. Fui sincera e ela me deu a dica do almoço executivo para ter mais contato com a variedade dos pratos. Achei muito gentil! Tá anotado!

La Mar CebicheríaR. Tabapuã, 1410 – Itaim

Anúncios

, , , , , , , , ,

  1. #1 por Estelis em dezembro 17, 2009 - 10:58

    Vale lembrar que o couvert não é cobrado! Eu gostei.. Voltaria… mas não faço questão.
    Não achei tão sensacional como se lê por aí.
    Ou eu q não tenho paladar bom, ou as pessoas é que são impressionáveis demais. heuhauhe

  2. #2 por joao em dezembro 17, 2009 - 13:58

    leite no ceviche?

  3. #3 por Leo em dezembro 18, 2009 - 12:19

    Repito aqui um comentário que postei no pobretambem come.
    O lugar se chama “Dona Thereza” (mas nao tem nome na porta) e fica na Fernando de Albuquerque 57, quase chegando na Augusta. Inauguraram faz umas 3 semanas e abre para almoço durante a semana e após as 14:00 aos sábados e domingos.
    No almoço oferece apenas três opções e é básicamente cozinha brasileira com um toque de sofisticação e ingredientes de qualidade. (Acabei de comer um carne seca com abóbora de comer de joelhos! ). Tudo isso por R$9,90! Espero mesmo que o lugar decole para que eu possa continuar a ter essa delícia tão perto de casa. Nao chega (ainda) a ser tao bom quanto o Mocotó, mas parece estar no caminho.
    Ah, durante a tarde/noite eles servem só petiscos. Ainda não provei.
    Abraços,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: