Boteco São Bento, not that bad at all

Tá, eu sei que todo mundo deveria odiar o Boteco São Bento depois de todo aquele auê que deu na blogosfera (ai, adoro usar essa palavra! huahua) por causa de uma resenha negativa sobre a casa. Mas sabe que eu não odeio o lugar tanto assim?

Fui lá na semana passada e o chopp estava bom! Nada mágico mas tb não tão ruim qto dizem por aí. O que vale a pena mencionar foram as caipiroscas de verão que tão rolando por lá. São várias opções com frutas diferentes, acompanhado com um picolézinho do frutos do cerrado (Um pouquinho menor que o tamanho original). Eu achei bem legal e bem simpático, muito fofo-drink-de-menina. Pena que odeio caipirinhas.

Ah, e fizeram uma área aberta para fumantes lá! \o/

Pra nao dizer que sou total sucker pelo bar, pedimos uma bruschetta de presunto parma decepcionante. Demorou demais pra chegar e veio uma quantidade RIDÍCULA de presunto parma. Não tava nem crocantinha. Ficou um pão com queijo normalzão.

A conta deu uns R$120,00 = bruschetta, caipirinha, smirnoff ice e + uns 8 chopps. Por aê.

Veja o post que escrevi sobre o Boteco São Bento de quase 2 anos atrás: Vamo bebê!

Endereço: Rua Joao Cachoreira, 800 – Itaim Bibi

Mais caipirinhas mágicas:

Veloso
Hitam
Brasamora

Anúncios

, , , , ,

  1. #1 por dea em janeiro 7, 2010 - 11:05

    melhor que falar “na blogosfera” é “na rede mundial de computadores”. ai, eu amo caipirinha, quero tomar essa aí.

    • #2 por Estelis em janeiro 7, 2010 - 14:11

      Corre que eu acho que é só no verão!

  2. #3 por Christian em janeiro 8, 2010 - 10:55

    Só agora eu li o texto de quase 2 anos atrás sobre o São Bento. Vale a pena dizer que a unidade do Itaim é filial do da Vila Madalena, o original. E vale a pena dizer tb que é do mesmo dono do Dona Flor de Moema. E tenho dito!

  3. #4 por Helcias B. de Pádua em janeiro 13, 2010 - 11:36

    1 – Dê ao Itaim Bibi o que é do Itaim Bibi # sem nhennhenhém

    Pois é, no Itaim Bibi, para se ter novos espaços, só derrubando árvores e prédios.

    Ontem, (27/11/07) inaugurou-se o tétrico e grandioso espaço etílico com a presença de inúmeros e importantes convidados. O “Dinamite Itaim Chopperia”, só que sem placa alguma. Será que vão mudar de nome? O correto é mudar de bairro. Cai fora baby. Barulhento.

    Inacreditável: – derrubaram-se inúmeras árvores; alterou-se a agradável paisagem ambiental da esquina da rua João Cachoeira com Leopoldo Couto de Magalhães Jr.

    No Itaim Bibi não temos praça alguma, a não ser a que esta no limítrofe: Jardim Primavera/ Vila Nova Conceição/Itaim Bibi, antes chamado de Largo do Maná.

    out/07 – Pça Dom Gastão Liberal Pinto/Itaim
    ag/07 – qdo. da derrubada de uma das árvores (cerca de 80 anos)

    O enverdejante espaço, (recentemente recebeu nova arborização),merece ainda mais o nosso apreço, pois carrega fatos significativos das memórias e histórias itahyenses.

    Por isso da sugestão e luta de renomear-se a atual Pça Dom Gastão Liberal Pinto, de Praça José Vieira Couto de Magalhães, com um enorme busto do nosso patrono etnólogo, por sinal mais conhecido e respeitado fora de São Paulo e várias vezes apontado em estudos e teses em universidades européias.

    Mas quem foi Dom Gastão Liberal Pinto? Um bispo de São Carlos/SP, fundador e 1º reitor da PUC/SP.

    Tal nome foi sugerido por um religioso da Igreja São Gabriel, quando da construção do sistema viário ligando pela superfície as quatro vias, a Brig. Luiz Antônio, Sto Amaro, São Gabriel e Joaquim Floriano e através de um túnel a São Gabriel com a Sto Amaro. Esse sistema, ao longo dos anos, sofreu algumas modificações, quanto à extensão do túnel como para o alargamento das avenidas.

    Aliás, o nome da avenida e da igreja São Gabriel é em homenagem a uma senhora, a viúva GABRIELA, uma das amantes do general J.V.Couto de Magalhães. Comenta-se que o general teve várias amantes, nunca se casando e que lhe renderam três filhos.

    A viúva Gabriela, sem nunca ter sido, herdou uma extensa área que hoje vai do Jd. Primavera até o Jd. Paulista. Por muitos anos a família Couto de Magalhães reclamou na justiça e brigou com a família da GABRIELA pela posse das terras do Morro da Viúva.

    Comenta-se que quando das brigas entre as famílias, a porteira que existia lá no início da Joaquim Floriano com a São Gabriel (hoje a praça) era fechada, trancada.

    Conforme o andamento da questão, da briga, etc, às vezes uma família é que colocava seus cadeados, e de uma próxima vez ou resultado, era a outra família. Isso, quase que constantemente, não permitia a comunicação normal ou idas e vindas, (olha o carma do vai-vem), dos passantes entre os dois lados.

    Continuava a saga do quase sobrenome, do local, do BIBI. O vai-vem constante.

    Mais um nhennhenhém itahyense.
    Coisas do Itaim Bibi.
    Tagarelices.

    Helcias Bernardo de Pádua
    morador itahyense
    28/11/07 spsp

    2-

    Apócrifo enaltece o etílico bento no Itaim Bibi
    CALMARIA

    … depois de passar o Natal de 2008 em um lugar maravilhoso da Mantiqueira

    A VOLTA

    fui à um outro bairro de SAMPA

    CONSTATEI

    na verdade, um oásis que ainda existe na região piratininga

    um comércio respeitoso, simpático e dedicado aos visitantes e principalmente aos moradores locais

    são bares, restaurantes, pizzarias, etc.

    até os manobristas são educados.

    LOCALIZAÇÃO

    na encosta do Caaguaçú, lá nos lados da nascente do córrego do Matadouro, o mesmo que ao adentrar no Ibira, recebia o nome de Sapateiro, digo, recebia, pois atualmente esta sob a Av Pres. Juscelino Kubitschek

    e depois…

    LI

    o Jornal do ConSeg Itaim

    SURPRESA

    no referido apócrifo, …o não apontamento do profissional responsável; – um jornalista registrado no MT

    … no impresso (jornal que recebi) falta a identificação obrigatória do responsável, – tendo na diretoria da instituição aquele que não é (e nem pode ser confundido) \”jornalista\”…

    ALÉM disso

    contendo uma pagina toda enaltecendo \”um etílico espaço, super movimentado e barulhento\”; – …sim, o mesmo que derrubou árvores, desrespeito o ambiente, as memórias e tradições itahyenses; – em troca conseguiu colocar mais algumas mesas dioturnamente ladeadas de petiscos e copos diversos

    AONDE FICA

    lá na rua do João, o cachoeira, amigo do Bibi, o Leopoldo Couto de Magalhães Jr. e.t.: no início, o espaço usava o nome de \”dinamite…\”, mas agora ostenta um apodo bendito, …será?

    O DESTAQUE

    é dado ao sub da instituição referida no início do texto

    SILÊNCIO…

    aquela mesma que deveria se preocupar com a segurança e melhoria da qualidade de vida da região

    CUIDADO

    você pode ser interpelado por um agente, em plena luz do dia

    AONDE?

    na rua ou em qualquer estabelecimento comercial do bairro do Itaim Bibi

    FALAR e ESCREVER

    … é perigoso,

    fique atento

    eu estou

    mas continuo escrevendo e falando.

    Helcias Bernardo de Pádua
    Biólogo C.F.Bio.00683-01/D
    Graduando – Jornalismo
    S.J.P.E.S.P. – 1452E
    11-9568.0621 –
    spsp-29/12/098

  4. #5 por Estelis em janeiro 13, 2010 - 12:24

    WTF?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: