Arquivo para categoria -Zona Central-

Becco 388: Uma ótima opção no Higienópolis

Numa quinta-feira qquer da vida, combinamos um jantarzinho pra conhecer o Becco 388. Localizado bem atrás do Cemitério da Consolação, o restaurantinho tem uma vibe casual, arrumadinho e aconchegante. Uma boa opção para um date tranquilo ou um encontro de meninas.

Nesse dia eu estava com vontade de ser mais phyna e ryca então troquei a cervejinha básica por um Martini de rosas com pétalas cristalizadas em açúcar. O drink é lindo, bem de menina, mas achei que faltou um pouco de alcool. Só senti o gosto das rosas e nada de vodka!

De entradinha, pedimos o Brie Dix, que era um folhado com queijo brie e calda de frutas. Eu estava meio descrente, pq não gosto muito de doce + salgado num só prato, mas qdo provamos, era bem delícia! Massa folhada muito bem feita, tudo muito bem equilibrado. Só achei um pouco caro. A porção serve 2 pessoas e custava R$42,00.

Apesar do cardápio não ser extenso, rolou uma dúvida absurda absurda entre pedir o Risoto de Costela ou o Raviolão do dia, que era de camarão. Como pra mim carne vermelha sempre ganha, fui de risoto. O sabor era ótimo, arroz no ponto certo, com mini onion rings. Lá pelo meio do prato, comecei a achar um pouco salgado, mas a Jussa não teve a mesma impressão que a minha, e raspou o prato. hahahah. Os meninos pediram a Milanesa com molho de uvas e Polenta com costela e ficaram super satisfeitos.

De sobremesa, foi o Chocolate Pot de Creme, um bolinho cremoso de chocolate com sorvete.

Ou seja, o lugar é sucesso. Só o preço que achei um pouco alto. Mas como usamos o Grubster pra fazer a reserva, com os 30% de desconto a conta ficou razoável.

Preços:

Entrada: R$42,00
Risoto: R$ 48,00
Milanesa: R$ 39,00
Polenta com costela: R$ 48,00
Sobremesa: R$ 20,00
Martini: R$ 22,00
Suco: R$ 7,00

Endereço: Rua Mato Grosso, 388, Consolação

Anúncios

, , , , , , , ,

4 Comentários

Mais uma do Food Center: Mugui

Escrevo sobre mais um restaurante do Food Center, o Mugui.

O lugar é super simples. Algumas poucas mesinhas e um balcão no meio do salão, que quebra o galho nos fds, já que o movimento é maior e até rola uma pequena espera. A grande maioria dos frequentadores são orientais, mas eventualmente você encontra também alguns brasileirinhos mais aventureiros.

Não existe sushi ou sashimi. Só comidinhas quentes. A sensação que dá é de almoço na casa da mãe de alguém (amigos japonezinhos, claro!). Bem esqueminha confort food ou comidinha pós ressaca. As porções são super bem servidas e dá pra dividir 1 prato para 2 meninas tranquilo.

Yakisoba frito, gostoso, serve mil pessoas, mas nada impressionante.

Curry rice, que vem até com ovo frito e missoshiru!

Curry udon.

Valor médio gasto: R$ 20,00.

Quando estamos sem idéias mirabolantes para os almojantas do fds, o Food Center sempre é uma ótima opção!

R. da Glória, 111, 1º andar, sala 11 – Food Center – Liberdade

Outros Restaurantes do Food Center: 

Issao
Ueda
Sukiyaki House

, , , , , ,

8 Comentários

Koreano da fritura

Pensa num lugar pedreiro, que você jamais entraria se passasse em frente. Agora imagina que esse é um dos meus lugares preferidos pra comidinhas! Não sei nem o nome do lugar, pq tudo lá está escrito em Coreano. Eu o apelidei carinhosamente de “Korea da Fritura”.

Olha a fachada:

Dá até medo, não? hahaha
O lugar é super simplão, tosqueira mesmo. Se você procura conforto e glamour, nem pense em pôr o pé lá.

Agora as comidinhas… Fantásticas! Pensa em uma variedade incrível de frituras gordas!

Porção de lula empanada, e o meu preferido, que é um rolinho empanado de alga recheado com bifum. ADORO!

Salsicha com batata!

Gyozas pequeninos pra beliscar bebendo breja:

Aí as vezes a gente resolve inovar, e pede umas coisas medonhas, mas super delícia, tipo linguiça de bifum:

(Não me pergunte pq que é dessa cor)

E claro, não pode faltar o Topokki, um clássico coreano que eu simplesmente AMO. São massinhas de arroz, com verdura e molho apimentado.

Pedimos mais uns sushis coreanos, que nada tem de especial. Muito parecido com o Sushi japonês, mas que na minha opinião, perde feio.

Cardápio, que eu não entendo nada, mas existem fotos nas paredes pra você apontar!

O preço dos pratos não passam de R$20,00. As porções de frituras são por volta de R$ 5,00. Tudo baratenho.

Claro que eu nunca falaria pra alguém sair de casa só pra ir nessa lanchonete. Mas se por acaso estiver nas redondezas, dá uma passadinha por lá.

R. Rua Prates, 379B – Bom Retiro. Não funciona de noitão.

, , ,

7 Comentários

Mais um lugar de karê: Go! Go! Curry

No andar de cima do recém-aberto Espaço Kazu, fica o Go! Go! Curry, lugar especializado em karê, já presente nos EUA, Europa e Ásia, conforme diz o site.
O lugar é pequeno e ajeitadinho, dá para ver todo o movimento da cozinha, que é aberta. Tem balcão e mesas.
Fomos no sábado, na hora do almoço, e o lugar até que estava vazio. O atendimento, porém, foi meio confuso. Esqueceram as bebidas e um prato chegou (bem) antes do outro.
Pedimos gyukatsu e tonkatsu karê (uns R$ 35,00). Não há níveis de picância para escolher.
Como o karê é super escuro e ‘concentrado’, rolou um medinho, mas achei ótimo. Pra mim, estava ardido na medida certa (meu nível de tolerância é médio, vai). Como o ar condicionado estava no talo e na minha cara, nem suei, haha.
Gostei bastante, molho espesso, carne macia, quantidade boa, acompanha saladinha e uns curtidos.
Perto do caixa, havia uma embalagem do curry que deve ser usado nos pratos, mas não reparei se vendem.
Olha, achei muito bom, recomendo! Espero que, logo, logo, a rede espalhe para outros lugares, tipo o Sukiya.
Viva o karê!

Go! Go! CurryR. Tomás Gonzaga, 84 – Liberdade

Para os amantes de karê:
Pub Kei
Sukiya

, , , , , ,

4 Comentários

Lamen Kazu – Macarrãozinho japa

Pra mim Lamen é confort food. Nunca será uma super experiência gastronômica, mas também sei que nunca vou me decepcionar. Agora no inverninho então, Lamen é vida!

E os lugares mais concorridos pra comer um bom Lamen é no Aska (Ainda devo um post) e o Lamen kazu. A Jussa já foi no Lamen Kazu e escreveu um post aqui. Mas resolvi fazer um post complementar da casa.

Existem 3 opções de tempero do caldo: Shoyu, Misso ou Shio. O que eu menos gosto é do Misso, pq normalmente eu gosto de caldos mais suaves, menos encorpados. Mas, acabei pedindo o Kara Misso, pq era o unico Lamen apimentado da casa (No fim nem estava tãaao apimentado).

Tijelona de Lamen:

Gosto bastante de lá. A comida é boa, o atendimento é OK. Só tive um problema q foi com a breja quente.
E como a Jussa já havia comentado, não dá pra ficar lá batendo papo a toa. É comer e liberar o lugar pro próximo!

Gasto aproximado por pessoa: R$ 35,00

Lamen Kazu – R. Thomaz Gonzaga, 51 – Liberdade

, , , ,

10 Comentários

Dica do leitor: Doceria Alteza

Lendo a dica da Milena aqui no blog, fiquei com vontade de conhecer a Doceria Alteza, na Liberdade. A Estelis já tinha comido os bolos de lá, mas eu sequer sabia onde era.

A doceria é bem simples e fica em uma travessa da Galvão Bueno, onde há menos comércio e o movimento de pedestres é mais tranquilo.
Na vitrine de doces, só coisa bonita! É extremamente difícil escolher um doce, a não ser que vc já tenha algum predileto. Dá vontade de experimentar tudo, até o rocambole de inhame.
Estávamos em 4 meninas e cada uma pediu uma coisa. Eu não ouvi reclamação de ninguém, só elogios. Fui de mousse de chocolate com coco. Estava super suave, pouco doce, levíssima.
É possível encomendar bolos para ocasiões especiais (até casamentos). Inclusive, dá para ver bolos de festa sendo decorados na cozinha. O único docinho que estava ruim era o que acompanhava o café, parecido com um macaron. Dispensável.
Na sua próxima visita à Liberdade, deixe um espaço na barriga para um docinho da Alteza. Vale a pena. Não aceitam nenhum tipo de cartão.

Doceria AltezaR. Américo de Campos, 36 – Liberdade

, ,

6 Comentários

Restaurante Tenko: Simples e bom!

Este deve ser um dos primeiros restaurantes que eu conheci em SP, ainda criancinha. Minha mãe não gosta de lá, acha a comida meio grosseira. Sim, está longe de ser refinado, mas eu gosto do sabor simples e bom. É um chinês para almocos rápidos, uma refeição sem frescura e sem surpresas, mas que enche a barriga.

O Tenko existe desde sempre, numa portinha minúscula na Rua dos Estudantes, lá na Liberdade. Frequentado basicamente por Chineses, mas não sei como, caiu no gosto dos Coreanos. Acho que foi o Tchanpon, um lamen de frutos do mar que eu nem gosto, mas que entrou no coração dos koreaninhos. E assim, foi aberto uma 2a filial no Bom Retiro:

Simples porém limpinho. E os garçons são brasileiros, que já facilita a vida dos não chinas. O ambiente do da Liba já é mais apertadinho e antigo.

Entradinhas favoritas:


Kimchi, verduras apimentadas em conserva. Amo!


Músculo bovino com coentro e cebolinhas. Já estou até imaginando a cara feia que 99% das pessoas que estão lendo este post fizeram.


Eu chamo isso de nabo radioativo devido à cor. E do lado são cebolas cruas cortadinhas. Molho preto = Missô.

Pratos principais:


Gyoza cozido. Eu gosto muito dessa versão, que é só cozida na água, sem fritar nem nada.


Praticamente uma montanha de Bifum, um dos pratos mais populares da casa.

E se você é fã de pimenta, não deixe de provar a pimenta da casa, que é um espetáculo. E lá também tem a sopa apimentada com vinagre, que eu adoro.

Tudo isso dá pra umas 3 pessoas comerem com folga, e a conta final deve dar por volta de 50  a 60 reais. Um almoço barato e bom!

Endereços: R. Dos Estudantes 144 – LiberdadeR. Silva Pinto, 403 – Bom Retiro

, , , , ,

14 Comentários

%d blogueiros gostam disto: