Arquivo para categoria -Zona Norte-

Picanha do Gaúcho: Botecão lá do interiorr da Zona Norte

Sexta-feira fomos a um happy hour puxado pelo comedor Alan. Ele é uma dessas pessoas que me dá dicas de lugares num ritmo muito mais rápido do que consigo visitar. Como todo bom mineiro, é comedor profissional e adepto da baixa gastronomia. Ou seja, lá fomos nós para um HH bem gordo no Picanha do Gaúcho.

O lugar é um botecão na região da “avenida nova” de Santana. O lugar é simples e descontraído, onde a galera senta simplesmente para bater papo com os amigos. No dia havia uma mulherada causando, só faltando subir na mesa, mas o lugar é tão grande e arejado que não chegou a atrapalhar a nossa conversa. E que homem vai reclamar disso?

Pedimos o excelente bife de picanha, que pode ser fatiado na hora. A costela de porco também estava muito boa. O único porém é que a galera já tinha comido e eu mandei ver na porção praticamente sozinho. Crianças, não tentem fazer isso em casa. Para dar uma “aliviada”, mandioca frita. Não sou muito fã, então não cheirou nem fedeu. Atendimento foi bem eficiente para a quantidade de gente.

Conta de boteco você nunca sabe ao certo quanto foi, né. A galera vai chegando e saindo em horários variados e quem fica até o final torce para que o rombo não seja muito grande. Na média, foi algo como R$30-R$35 por pessoa. Como comemos bem e bebemos cerveja de garrafa por 3 horas, valeu a pena.

Bottom line: Para quem está cansado dos bares sofisticados, botecão com cara de interior a preço justo e bom para ir em galera.

Endereço: Av. Águas De São Pedro, 444 – Santana – Tel: 2959 4601

Outros botecos recentes:

Almoço gordaço no Brasamora
Bar Providência, hora feliz na Vila Mariana
Abastecendo no Posto da Vila Mada

Anúncios

, , , , , , ,

Deixe um comentário

Flying Sushi, o Japonês Injustiçado

Nessa quinta merecia ir almoçar num japonês. Poxa, depois de “pedalar” a semana inteira. Galera até estranhou minha vontade. Foi a segunda vez que fomos ao Flying Sushi de Santana. Como da primeira vez, chegamos com o lugar às moscas. Isso que eram umas 12h30. Sentamos até na mesma mesa e a garçonete olhou pra mim com um sorriso de “Eu te conheço!”.

O rodízio (R$30) é simples, com rolinho primavera, gyoza, shimeji, bolinho de peixe, tempurá, salmão grelhado e sushis variados, mas a qualidade é boa. Principalmente o sushi, que vem razoavelmente bem cortado, o peixe é fresco e o arroz não é Tio João. O temaki de salmão vem com a alga crocante :D. Você tem que pedir para trazerem o wassabi e o gengibre, mas perdoamos.

Para sobremesa tem (pasmem) rodízio de Häagen-Dazs por R$10, mas só vale para quem comeu o rodízio. Isso é tortura ou não? Você, já precisando desabotoar a calça de tão cheio, fica se perguntando, será que cabe mais um sorvetinho? A atendente simpática até veio de novo com seu sorriso perguntar pra mim se eu iria querer. Ela lembrava que da outra vez eu resolvi tomar só depois que todos já estavam tomando.

Eu achei que, por R$40, o restaurante vale a pena, mas durante todo o almoço só apareceu mais um casal. Quem vê cara de restaurante de franquia, não vê coração de comida boa. Visitem o japonês pra ele não cometer harakiri.

Sobre as franquias, muitas vezes é justificável a desconfiança das pessoas. Também fui ao tal do Jin Jin Wok esses dias e é horripilante. Não vale nem um post.

Endereço: Rua Dr. César, 462 – Santana – Tel 2950-8111 (para outros endereços visite o site)

, ,

7 Comentários

PF na ZN

Sexta no almoço fomos conferir mais um participante do Restaurant Week, o Dona Carmela. Achei que seria legal variar e conferir um lugar da ZN.

Foram bem simpáticos na reserva da mesa por telefone, avisando previamente que não seguravam a mesa depois de certo horário. O lugar é razoavelmente agradável, mas com uma decoração meio estranha, cheia de quadros com pinturas de talheres e talheres gigantescos (tipo mais de metro) pendurados na parede. O dono deve ter algum fetiche  por talheres.. Parece que à noite a janta é à luz de velas.

Salada EnvídiaDe entrada, pedi a salada de endívia com alho poró. Para quem não conhece a tal da endívia, como eu, é parecido com alface. E o alho.. é alho! Tem que ser um mega gourmet pra perceber a finesse desse prato, o que não é o meu caso. Eu fiquei secando o Ossobucomini crepe de camarão gratinado do Fernando, que parecia ótimo. O ossobuco estava bem tenro, a polenta e o arroz com açafrão não tinha do que reclamar! Pra finalizar, um petit gateau burocrático. Demorou horrores pra chegar frio!

Petit GateauSaiu R$43 por pessoa, com direito a cerveja Baden Baden e cafézinho (era sexta-feira, poxa). O preço até que foi justo pelo tanto que consumimos, MAS eu realmente fiquei tentado a pedir um dos PFs de R$14 (inclusive a parmegiana!). Dei uma bizuiada nas mesas vizinhas e vinha bem servido. Acho que pelos R$27,50 do evento, tem opções muito melhores na cidade, mas aparentemente encontramos um lugar bom e barato na ZN. E eles tem delivery.

Endereço: R. Dr. César 944 – Santana.

, , ,

Deixe um comentário

Bebedeira no Campo de Marte

Todo mundo conheco o Bar Brahma né? Aquele…. da Ipiranga com a São João… Pois é… Bom, se vc gosta do Bar Brahma mas não gosta de ir pro centro da cidade, eles abriram a filial Bar Brahma Aeroclube num hangar lá dentro do Campo de Marte. (Sim, longe tb) 

Bar Brahma

O bar é enorme, com um deck na area externa e um salão interno com mais um milhão de mesas, onde toca música ao vivo (Não lembro o genero. Provavelmente MPB).  

chopp pastel

A comida é boa… Petiscos de boteco com preços normais, chopp a R$ 4,50 e couvert de R$ 5,00. 

Dica: Logo que vc entrar no portão, já vai parando o carro na ruazinha, que é de graça. Caso vc não seja miguelento na porta do bar, o manobrista custa R$5,00.

Bottom line: Bom, mas nada impressionante. Bom para aniversários, já que a comanda é indivual. 

Endereço: Av. Olavo Fontoura, 650 – Santana

Mais Bares:  
Exigências da Vida Moderna
“Tu és forte, tu és grande”
Aniversário stress-free 

, , , , , , , , , , ,

1 comentário

Meu primeiro post da ZN!

Pq tanta empolgação? Pq eu moro a pelo menos uns 50 km de Santana, então não é mto comum visitar os bairros da ZN. Bom, mas deixa eu contar minha experiência no Well’s American Diner.
O lugar é bem bonito, amplo, limpo, tem decoração e trilha sonora inspiradas nos tais american diners dos anos 50.
De entrada, pedimos fritas (R$ 8,90). As batatas eram grandes, porém, encharcadas de óleo!
O cardápio é beeem extenso. A Dani, minha guia na região, foi de Breast Chicken (R$ 17,90), frango recheado de catupiry e presunto, acompanhado de creme de espinafre + arroz. Ela gostou bastante. Não experimentei, mas achei o frango meio mirradinho.
Eu pedi o Steak Burger (R$ 16,50), um hambúrguer de maminha no prato, regado de barbecue, acompanhado de (MTO) purê de batatas + onion rings. Se eu dissesse que o purê ocupava metade do prato, não estaria exagerando. Em compensação, o hambúrguer era pequeno e a carne veio esturricada e seca por dentro. Ok, culpa de quem pede bem passado. As cebolas estavam boas, mais sequinhas do que as batatas.
De sobremesa, dividimos um Hot Brownie Fudge (R$ 13,90), bolo de chocolate flutuando em mta cobertura de chocolate + sorvete de creme + chantilly e farofinha. O bolo estava bem seco, mas tudo bem, com aquele tanto de cobertura, a gente dá um jeito. Além disso, o bolo tinha pedaços de chocolate! Adoro essas surpresas, hehe.
O restaurante ainda oferece hambúrgueres, veggie burgers, saladas, omeletes, hot dogs etc.
Achei o atendimento regular. É um simpático-forçado, sabe? A garçonete chegou a nos chamar de “amores”. Bom, não curto mto essa amizade/intimidade.
É isso! Espero que seja uma das mtas experiências na ZN!

Well’s American DinerSantana Parque Shopping

, , , , , ,

2 Comentários

Almoçando em Munique

Ontem (quarta-feira) era dia de peixe no refeitório. Segundo meu colega André, isso é sinal de que é algum peixe meia-boca, porque nos dias de badejo eles escrevem badejo no cardápio. Some-se o entusiasmo de almoçar todos os dias no mesmo lugar, fomos comer fora. Paramos na Cervejaria Munique, no Shopping Center Norte.

Cervejaria Munique - Almoço Executivo

Como ninguém estava com estômago para dividir um Einsbein, ficamos no almoço executivo. Na verdade o que menos tinha era comida alemã. Só o Kassler e a Truta (peixe não!). Duas pedidas foram o Charque de Caruaru e o Lombo à Cubana (foto). Os pratos são de ogro – bem servidos e pesados. E chegou beeem rápido. Boa pedida pra quem tá com a lombriga desesperada. A comida era boa, mas nada de extraordinário. O ambiente é um pouco estranho, pois fica-se sentado no meio do corredor do shopping. É melhor ficar nas mesas internas.

Preço médio do almoço executivo com bebida: R$20. O charque não como mais, mas espero voltar pra outras coisas.

Bottom line: Executivo Ogro.

, , ,

1 comentário

%d blogueiros gostam disto: