Arquivo para categoria Vila Olímpia

h3: Inovação no Fast Food

Acho que São Paulo, por mais que seja o centro gastronômico do Brasil, carece de mais inovação, principalmente no mundo da comida do dia-a-dia, refeições que custem no máximo 30 reais. Quem já foi a países desenvolvidos sabe que lá existem muitas opções que juntam o bom e barato. Por isso fiquei muito feliz em conhecer o h3, rede de fast food vinda de Portugal.

Na verdade eles se auto-entitulam um “not so fast” food. Pra mim é uma tremenda jogada de Marketing, convidando os clientes a saborearem o hamburguer de forma saudável e com garfo e faca, ao invés de devorarem um sanduíche com as mãos. Sem falar que é uma desculpa para qualquer atraso na preparação da comida.

A comida é um hamburguer de 200 gramas com diferentes coberturas e duas escolhas de acompnhamento, entre batatas em rodelas (fritas), arroz e salada. De sobremesa oferecem sorvetes artesanais. Pedi o h3 benedict (R$20), com ovo pochê, molho holandês e lasquinhas de bacon. A carne etava excelente, o arroz e a salada eram simples, mas temperados perfeitamente. E percebe-se que eles se preocuparam em usar ingredientes de primeira.

Com um chá com limão (R$3,50), a conta deu R$ 23,50. Fiquei apaixonado pelo lugar. Incrível como conseguiram misturar um menu minimalista, mas ao mesmo tempo bem atraente, com um processo simples e um tremendo Marketing. As praças de alimentação agradecem!

, , , , ,

6 Comentários

Descobrindo o Itaim no almoço 3: Espaço Especialidades

O Espaço Especialidades é um restaurante por quilo que poderia passar batido, se não fosse por UM motivo. Tá, talvez DOIS.
O primeiro é a terça-feira árabe! O segundo é o estrogonofe de chocolate. Sim, de chocolate. Mas, vamos por partes.
Toda terça, o restaurante do Itaim (há outro na V. Olímpia, mas não sei se segue o mesmo esquema) serve especialidades árabes. Para mim, é o dia mais esperado da semana (depois da sexta, claro). E virou lei. Terça-feira não tem mais ‘onde vamos?’. Terça é dia de Espaço Especialidades.
O bufê é bastante variado, apesar de que pego sempre as mesmas coisas: coalhada, babaganuche, homus, quibe assado, falafel, arroz com aletria. Além disso, tem quibe cru, esfihas, charutinhos etc e pratos não-árabes, tudo muito bem temperado e gostoso!
O estrogonofe de chocolate é uma sobremesa de chocolate (dã), nozes (que seria a carne), sorvete e muita cobertura! Enche os olhos e é muito bom. Mas cuidado ao pedir. Já tivemos 2 experiências bizarras: na primeira, a sobremesa só chegou na hora em que estávamos pagando e, na segunda, o estrogonofe foi confundido por petit gateau (??).
A terça árabe é imperdível, mas o restaurante agrada como um todo. A comida é ótima, variada, a cozinha é cuidadosa e sempre tem coisinhas diferentes.
Preço por 100g: R$ 3,49.

Espaço EspecialidadesAv. Cidade Jardim, 389 – Itaim

Mais opções no Itaim:
Descobrindo o Itaim no almoço 2: Mabella Steak House
Descobrindo o Itaim no almoço: Madureira Sucos

, , , ,

2 Comentários

Novidade no shopping: Crepes & Waffles

Dia desses, Estelis e eu fomos ao shopping Vila Olímpia bater perna. Na hora da fome, a gente decidiu comer alguma coisinha que não fosse uma mega refeição.
A praça de alimentação não agradou e, foi aí que vimos o Crepes & Waffles. Ficamos na dúvida se entraríamos ou não, mas o cheiro nos convidou a escolher uma mesa.
Dando uma pesquisada, vi que se trata da primeira filial brasileira de uma cadeia de restaurantes colombiana. O ambiente é bem ajeitadinho, cara de ‘lugar que vai dar certo’, como disse a Estelis.
Pedi um crepe de 3 queijos (mussarela + mussarela de búfala + outro que não lembro, R$ 24,40) e Estelis foi de crepe de champignon com alho (R$ 18,10). A gente achou esquisito que o crepe de champignon tinha ‘caldo’. Ela gostou, achou interessante, mas preferia ter pedido outro sabor. O meu estava bom, mas tive que comer em 10 minutos antes que o queijo ficasse duro e enjoativo.
De sobremesa, dividimos um mini waffle de Nutella (R$ 7,50). Achei que o chantilly estava sem açúcar, muito esquisito. De resto, OK.
Resumindo, gostei do lugar pq é especializado em 2 coisas que gosto muito, mas achei meio caro. Por ser um restaurante de rede tem seu charme.
Vale a pena voltar para experimentar outros sabores e afundar a cara no waffle gigante com sorvete!

Crepes & WafflesShopping Vila Olímpia

Mais crepes e waffles:
Crepe romântico no Carambolla
Crepe do Crepon
Crepão!
Homenagem ao Pibu’s!

, , , , ,

5 Comentários

Experiência argentina podia ter sido melhor…

Eu não conheço (e não frequento) muitos restaurantes argentinos em SP, mas o 348 Parrilla Porteña sempre se mostrou uma boa opção. Fazia tempo que a gente não ia, seria a chance de resgatar a experiência. Só que a visita do último fds foi meio triste, principalmente por causa do atendimento.
O restaurante é bem legal, parece uma casa. O ambiente é bonito, claro, apertado, mas até que agradável. Todos os garçons são jovens e modernos.
A moça que nos atendeu era bem má vontade. Fora que só deu dica zoada. Tudo bem que ela não precisa saber o quanto Arnaldo e eu somos ogros, mas as informações que passou com relação ao tamanho dos pratos foram furadas. Achei meia salada pouco para 2 pessoas (ela disse que dava). Porção de arroz (uns R$ 9,00), então, é ridícula (ela disse que dava). Sei lá se é pq japa tem nóia de arroz, mas achei pouquíssimo. Bom, se arroz for essencial na sua refeição, fica a dica.
Pedimos a salada Juliana (hehe, R$ 30,00 a inteira), com alface, palmito, batata palha, parmesão, alcaparras, tomate. Resumindo, salada gorda = salada boa.
Pedimos Ojo de bife ou miolo de contra-filé (R$ 86,00). Meia porção é suficiente para 2. Pedimos uma parte ao ponto e a outra bem passada. Bom, chegou tudo CRU. Pedimos para voltar. Nesse meio tempo, o arroz chegou e ficou na mesa, parado. Legal, né?
Para fechar, pedimos café. O legal é que vem acompanhado de um potinho de gotas de chocolate ao leite. É facinho se descontrolar e comer tudo, heuheu.
Gosto da comida de lá, mas dessa vez, o atendimento ficou a desejar.

348 Parrilla PorteñaR. Comendador Miguel Calfat, 348 – V. Olímpia

Mais caaarne:
Para o dia dos pais: Templo da Carne
Carne para amantes do churrasco

, , , , , ,

6 Comentários

Surpresa boa: Oggi Cucina & Vino

O Oggi Cucina & Vino se mostrou uma boa surpresa do Restaurant Week. Primeiro pq a gente nunca tinha ouvido falar. Segundo pq escolhemos de última hora, influenciados pelas fotos no site do evento. E, olha, a experiência foi bem legal.
Fizemos reserva, mas acho que nem precisava, pois o lugar estava vazio. O restaurante é bem agradável, de casalzinho mesmo (mas puxa mais para o serião do que para o fofo). Fica em uma vila onde ainda se encontram loja de artigos para casa, importadora de vinhos e espaço para eventos.
No jantar (R$ 39,00), pedimos:
De entrada –   Gateau de polenta com cogumelos selvagens (muito fino misturar algum nome difícil para servir polenta mole);
De prato principal – Costelinha de porco no forno a lenha com batatinhas ao alecrim (que faz parte do menu fixo tb) e Risoto de cogumelos selvagens;
De sobremesa – Creme mascarpone, banana caramelada e ganache de chocolate.
Todos os pratos vieram bem servidos e a comida estava muito boa. Tenho que confessar que meu risoto não tinha nada demais, mas a costelinha surpreendeu!
Para fechar, cafezinho Nespresso. Mto bom, mas… R$ 5,00?! Quando eu for gente rica grande, quero ter minha própria máquina Nespresso.
O Oggi ainda serve pizzas e massas, mas o forte mesmo são as carnes. O cardápio regular da casa é bastante atraente e o atendimento é simpático. Vale a pena.
Atenção: o serviço de valet local custa R$ 15,00!!

Oggi Cucina & VinoAv. Brig. Faria Lima, 4433 – Vila Olímpia

, , , , ,

2 Comentários

Mexicano escondido

010909210627

Numa sexta-feira calorenta caímos acidentalmente o Bar Pueblo. No dia estava tendo música ao vivo, um MPB/Pop rock nacional bunda mole.Como não estavamos afim de pagar o couvert artistico, então fomos sentar no lado de fora do bar. Não dá p/ entender direito se a proposta é ser um bar, ou um restaurante. O lugar é simplesmente neutro. Gostei da fachada e das mesinhas do lado de fora, mas o interior achei meio escuro com cara de bar-balada.
A comida é OK, nada impressionante e os preços tb não são tão amigáveis assim. A capiroska de sabe deus o que custava em torno de R$ 17,00 reais… Estranho. Pedimos um balde de cerveja Sol mexicana (sabe deus qual a diferenca entre a mexicana e a nacional). Não me lembro o preço, mas não foi nada absurdo.
A moça que nos atendeu era meio lesada. Não entendia nada do que a gente falava e não sabia direito o que tinha no cardápio. Perguntamos alguma coisa sobre um prato, e ela falou: “Não sei, o que tá escrito aí?”. uahhuahua. Não foi de um jeito estúpido, mas foi bizarro. A impressão que deu é que ela fumou maconha e foi trabalhar. huahuahua.
No site deles eles dão informações sobre os pratos, parece que alguns dias têm rodizio e alguns dias rola um stand-up comedy. 

Endereço: Rua Ministro Jesuíno Cardoso, 104 – Vila Olímpia.

A Jussa já foi lá tb e deu sua opinião aqui: 

Procura-se um Mexicano

, , , , , , , , , ,

1 comentário

Primeiras impressões: Hakka Sushi

Post rápido!
Noite de domingão, vontade de comer algo, mas não uma refeição.
Pensamos em temaki e corremos para o Temaki Express, da Vila Olímpia. Chegando lá, poucas mesas livres. Então nos perguntamos “pq não esse vizinho Hakka Sushi
? Podemos, sei lá, comer umas robatas”.
E foi isso que fizemos. Primeiro, pedimos uma porção de shimeji (R$ 18,00). Sem muitas surpresas, a não ser pelo tamanho, muito generoso!
Pedi 2 robatas (espetinhos, R$ 3,00 cada), de carne e frango. O de frango estava ok. O de carne tem… bacon! Mto bom! Macio e no ponto. O de camarão com alho que Arnaldo pediu tb agradou!
Ficamos com vontade de experimentar o rodízio! Parece BEM completo (uns R$ 40,00), então, planejamos voltar. Assim que experimentarmos, atualizo o post! Se alguém conhece, deixe a opinião!
É isso, primeira (e boa) impressão do Hakka Sushi.

Hakka SushiR. Gomes de Carvalho, 1146 – Vila Olímpia

, , , , , , , , , ,

2 Comentários

%d blogueiros gostam disto: