Posts Marcados camarao

Uma noite de paella e flamenco

Foto cedida pela Ana

Um dia, a Ana, do Un Poquito: Ni, veio me dar umas dicas de restaurantes no bairro do Ipiranga. Entre as sugestões, estava o Paellas Pepe. Na mesma semana, por coincidência, o Mário Gutierrez, que é de lá, deixou um comentário no blog.
A convite (irrecusável) dela, fui conferir o famoso prato e assistir à apresentação de flamenco da Cia de Dança Herencia Flamenca!
Para se fartar de paella, é preciso fazer reserva. A iguaria é feita na hora, de acordo com o número de pessoas que reservaram. Ou seja, vc vai comer… e muito, se quiser. Se vc chegar cedo, consegue assistir ao preparo de pertinho.
Quando a dona toca o sino, é hora de atacar! Ao servir, ela pergunta o que vc quer, caso não coma algum tipo de fruto do mar. Tem camarão grande, camarãozinho, lagostim, lula, marisco, mexilhão, vôngole, frango.
A paella é muito gostosa. Se fosse só o arroz, com todo aquele tempero e sabor de frutos do mar, já seria bom demais.
Repeti duas vezes. Confesso que bate uma preguiça de ficar descascando camarão e abrindo lagostim. Se eu estivesse em casa, comeria com a mão, mas fui cortando com garfo e faca mesmo, correndo o risco que o lagostim saísse voando.
O atendimento é feito pelos próprios donos que, pelo que entendi, abrem sua casa (a garagem) para servir a paella.
A apresentação de flamenco é bem legal, bastante empolgante! Impossível não bater o pé junto, haha. Parabéns, Ana
Achei o preço muito justo: R$ 49,00 por pessoa.
Para quem não come paella, há outras opções no cardápio. Não deixe de pedir a porção de jamón Pata Negra.
Recomendo muito! Adorei a experiência.

Alguém aí tem mais dicas do bairro? Paellas Pepe, Seu Oswaldo. Tô adorando o Ipiranga!

Paellas PepeR. Bom Pastor, 1660 – Ipiranga

, , , , , ,

5 Comentários

E finalmente, conhecemos o La Mar!

Pra fechar o ano com chave de ôro, fomos ao La Mar. A expectativa era grande, fazia tempo que a gente queria ir lá.
O lugar é bem bonito, tem pé direito alto, é moderninho. Antes de ir, a Estelis achou que o lugar era típico de jovens-descolados, mas a gente viu um público bem variado.
O couvert é composto de um ‘balde’ de batatas (e banana?) chips finiiinhas, acompanhado de 3 molhos. Pedimos a degustação de 4 tipos de ceviches (R$ 49,00) e Piqueos Quentes (R$ 58,00), prato com chicharron (peixe e lula fritos), vieira à la Parmesana, camarão laqueado e anticucho (espeto de polvo na brasa com chimichurri e batata). Bom, eu não curto peixe cru, mas dei uma beliscada nas lulas e nas cebolas dos ceviches. Gostei, mas realmente não é dos meus pratos favoritos. A Estelis gostou mais do ceviche tradicional e não das versões com leite.
Dos pratos quentes, gostei de tudo, mas pensei que os temperos seriam mais marcantes. O peixe e a lula fritos não surpreenderam. O camarão e o espeto de polvo realmente estavam gostosos. Gostei bastante da vieira, mas achei que o parmesão encobriu um pouco o sabor do bichinho.
De sobremesa, pedi um suflê de chocolate com sorvete de maracujá e banana (R$ 23,00). O suflê estava bem bom, principalmente a casquinha de coco que envolvia o bolinho, mas gostei mesmo do sorvete! Pena que era uma bola pequena.
O atendimento foi bom. O garçom que nos atendeu era muito simpático, preocupado, sem ser chatão.
É, a experiência não foi incríííível, mas ainda deixou uma vontade de voltar, principalmente pq os pratos principais parecem muito bons. Dessa vez, a gente só ficou nas entradinhas para tentar provar de tudo um pouco, mas realmente não dá.

Atualizado: uma moça do La Mar me ligou no dia seguinte à visita, perguntando se eu havia gostado da experiência. Fui sincera e ela me deu a dica do almoço executivo para ter mais contato com a variedade dos pratos. Achei muito gentil! Tá anotado!

La Mar CebicheríaR. Tabapuã, 1410 – Itaim

, , , , , , , , ,

3 Comentários

Dalmo Bárbaro: frutos do mar bem servidos

ScreenShot050Era mais um sábado nublado em Guarujá e eu estava sozinho com a minha kerida sem nada para fazer. O que um casal faz na praia de noite em um dia chuviskento? Come. hihihihi

Fomos ao Dalmo que fica entre o Il Faro e o Rufinos lá na Enseada. Sentamos na varanda externa para apreciar o mar e para abrir o apetite pedimos um whisky (chivas, R$18,00) e uma batida de côco (R$15,00) que, de acordo com a minha kerida, estava maravilhosa – eu achei um pouco doce, mas reconheço que a batida funcionaria melhor que  “uma mentinha” hihihi, a Estela entederá esta piada interna.

O couvert (R$12,00, cobraram só um) que estava muito bom chegou rápido: um caldo de peixe pra cada com pão frances com manteiga e alho na chapa. Pedi uma casquinha de siri (R$13,00) que estava razoável, veio uma camada gigante de catupiry gratinado por cima que não me apeteceu muito – se você ama catupiry, vai curtir.

Como somos pessoas lights, pedimos uma meia salada mista (R$36,00 – R$49,00 a inteira) que estava muito boa, o palmito estava fatiadinho como se fosse um macarrão… Quase pedimos uma salada inteira, mas o garçom interviu e falou que era muito… Bem, realmente a meia salada deu 3 pratos forrados de verduras e ainda sobrou.

Como prato principal pedimos meia moqueca de camarão (R$72,00 – inteiro era R$116,00) que veio com 5 camarões rosas muito bem feitos e caldo consideravelmente leve,  para moqueca. Fomos bem felizes na escolha do prato.

Pra fechar pedi um expresso que estava horrível (deve ser aquelas maquininhas automáticas de café), mas esse detalhe não conseguiu nem arranhar o simpático atendimento e a comida bem feita. 

Curiosidades
–  No verão o couvert deles é camarão sete barbas frito, o garçom até se ofereceu a pedir pro cozinheiro fritar para nós mas eu já estava explodindo. 
–  O camarão na moranga e o marisco lambe-lambe são muito bons, vale a pena provar.
– Os pratos são bem servidos e porções inteiras satisfazem tranquilamente 3 pessoas e pelo que descobri, a salada inteira deve servir umas 5…
– Há mais uma unidade na Rio-Santos perto de Bertioga, mas nunca fui lá… 

Endereço: Guarujá, Av. Miguel Stefano, 4751

, , , , ,

1 comentário

Rufino’s no Guaru

Era p/ eu ter escrito esse post no ano passado, pouco antes do ano novo. Mas fiquei com preguiça e só lembrei disse agora. Então aqui vai…

Imagine a situação: 2 minas famintas, 3 horas de transito infernal até o Guaruja. Ficamos o caminho inteiro alucinando com comida. Mas comida boa, comida presidente. Não estávamos afim de pouca merda não. Aí pintou aquele clima de fim de ano, vc acha que vc é rico, gastando os tubos em todos os happy hours e jantares que todo mundo fica insano em marcar pra se ver antes da virada do ano.

Chegando no Guarujento, resolvemos tirar a barriga da miséria e fomos direto pro Rufino’s. Não que ele seja um restaurante mega caro chiquetoso. Mas convenhamos que não é a opção mais em conta do Guarujá. E também não costuma ser o tipo de restaurante que vc vai com uma amiga, do nada, só porque está com fome. Mas… Fomos lá. As 2 fantasiadas de Paulista (calça jeans, meia, tenis, bolsa), lindonas. hahehua. Eramos as 2 únicas jovens sem familia. O lugar é bonitinho, de frente pro mar, mas com ar-condicionado, que é otimo. A decoração é meio ultrapassada… Cara de pai gordinho de polo e bermuda caqui, que leva a família toda pra jantar. É frequentado basicamente por familias ou casais.

new-005 Pedimos o Camarão à Hungara, que parecia ser a opção mais gorda que encontramos no cardápio. Camarões grandes sem casca no forno, com creme de leite, páprica e batatas. Hum… Juro, sensacionale. Os camarões eram grandes, mas vinha acho que só 6, ou 8. Mas o molho com batata era muito bom também e acabou enchendo bem a nossa barriga. Até sobrou um pouquinho. Se a gente não tivesse se matado de comer, dava p/ dividir em 3 pessoas fácil.

A conta saiu mais ou menos R$ 140,00 p/ nós 2, considerando só refri e o camarão + arroz. Não pedimos nem entrada e nem sobremesa. Ah vai… 70 conto cada uma… Não foi tanto preju assim. hauhuahua

Endereço: Av. Miguel Estéfano, 4795 – Praia da Enseada – Guarujá. Eles abriram filiais em SP também. Tá tudo la no site.

, , , , , , ,

4 Comentários

Sol, praia, peixes e frutos do mar aos montes

Sempre que vamos a Juquehy (litoral norte de SP), tiramos um dia para almoçar no Giselle Restaurante & Bar, que fica em… Barra do Una.
O lugar é todo aberto, bem agradável. De um lado, vc vê o rio do Una, do outro, a praia. Casquinha de siri
Atraídos pelo marketing local que dizia “A melhor casquinha de siri do litoral norte paulista”, não pensamos 2x. É preciso um pouco de paciência, pois o prato demora para ficar pronto, mas vale cada minuto esperado. Feita de carne de siri 100% pura, a casquinha custa R$ 13,00. É incrível mesmo. Gostamos tanto que repetimos a dose!
Camarões a dorêPedimos tb uma porção de camarões 7 barbas a dorê. Por R$ 38,00, a gente comeu camarão até dizer chega.
Todos os pratos principais têm tamanho para 1 ou 2 pessoas. Ambas as opções são muito bem servidas. E não é exagero não. Dependendo do que vc já petiscou, um prato individual pode atender a 2 pessoas.
Prato mais caro (R$ 58,00, individual): Camarão Tropical – servido no abacaxi, gratinado no molho branco com pedaços de frutas, batata palha e arroz branco.
Prato mais barato (R$ 25,00, individual): pescada com alcaparras e arroz branco.
O atendimento é bom. Uma menina sempre vinha nos perguntar se estava tudo bem. Percebíamos uma certa confusão de vez em quando, acho que por causa do grande movimento, tanto de turistas quanto de funcionários.
Ótima opção no litoral norte! Porções e pratos fartos e gostosos, ambiente legal, atendimento esforçado. Destaque para o suco de coco, que é demais tb.

Giselle Restaurante & BarAv. Magno Passos Bittencourt, 367 – Praia de Barra do Una, São Sebastião, SP

, , , , , , ,

3 Comentários

Cameriere!

Sexta-feira, saco na lua, resolvemos fazer um almoço feliz fora da empresa para fugir do bandejão. Então fomos num Italiano aqui perto, chamado Osteria Innominato.
O local é meio escondido, a entrada do restaurante é uma portinha… Mas é charmosinho, aconchegante. Meio apertadinho, mas de um jeito não-irritante.

Pedimos o couvert (R$ 8,00 por pessoa) com pãozinho e demais acompanhamentinhos básicos de restaurante italiano.
Como prato principal, foi um Tagliatelle com Camarão ao molho Funghi. Muuuuito bom!
Estava tudo no ponto certo. As vezes, no meio de prato eu já enjoo do molho que pedi, mas dessa vez fiquei bem feliz, do início ao fim.
Único problema foi ter que descascar camarão. Puta trampo do cão, né? Mas aí a garçonete falou que era só ter avisado que queríamos descascados. hahaihau.
As porções são bem servidas. Todos os pratos da casa servem 2 pessoas, mas dividimos em 3 tranquilo. Não saímos rolando, mas todo mundo ficou satisfeito.

Saiu R$ 35,00 reais por pessoa, considerando couvert, prato dividido, refrigerante e cafézinho. Meio caro pra um almoço, mas MUITO valeu a pena.

Nunca jantei lá. Mas deve ser agradável. Deve ficar até um tanto quanto românteco.

Endereço: R. Joinville, 561 – Vila Mariana.

, , , , , ,

Deixe um comentário

Post fora da nossa jurisdicao

Eu odeio o Rio!
Ok vai, nao odeiooooo. Mas sei la. Tem aquele lance que carioca vem pra ca e acha SP perigoso. E a gente vai pra la, e acha q vai morrer. Tensão constante, faveladinhos apavorando em lugares turisticos, mas enfim… Vamos falar sobre comida:

Comi malzao no Rio. Em 3 dias, só comi em 2 lugares bons.
Um foi o KFC, pra matar a saudade… Alias pq acabou-se o KFC de SP?
E o segundo lugar, que é o motivo desse post, é o Siri da Barra.
Eu não sou a pessoa mais noiada por camarão no mundo. Acho que é pq aqui em casa quase não se come carne vermelha. 80% da minha vida caseira é peixe, camarao e afins.
Mas no Siri da Barra, eu comi o melhor risoto de Camarão da minha vida. O porção pequena dá p/ comer umas 4 pessoas sussa! Custa 58 reais mais ou menos, e eu nunca vi um risoto com taaaaaaaanto camarão.
Vale MUITO a pena.
O ambiente é OK. Cara de restaurante tradicional de tiozão. O unico problema é que fica laaaa na Barra da Tijuca. O que por um lado é bom, pq é o unico lugar do Rio que EU nao fico com um cagaço do caraleo.
Se vc por acaso for pro Rio, passa lá sim! É muuuito bom, custo beneficio otemo!
E se vc é carioca e caiu nesse blog por acaso, sorry, o Rio é bonitinho sim, é agradável pra um domingo de sol, dar uma andada na praia ou na lagoa, mas sem bolsa e sem nada. hauhahua. O Rio p/ os cariocas deve ser otimo. P/ turistas non tao bom assim. 

Endereço: Praça Euvaldo Lodi, 65 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro.

, , , , ,

10 Comentários

%d blogueiros gostam disto: