Posts Marcados carne

Johnnie Pepper, o novo Outback

Se vc adora a comida do Outback, mas está cansado do ambiente ou das filas intermináveis, ou simplesmente quer variar (um pouco), conheça o Johnnie Pepper.
Essa casa, recém-aberta no Itaim, tem origem no Rio de Janeiro. O cardápio é quase idêntico ao do Outback. É impossível não comparar: tem a cebola, a salada ceasar, as fritas com queijo e bacon, a costelinha de porco, as bebidas de refil, as sobremesas animalescas.
O ambiente é mais bonito e moderno. É mais claro, tranqüilo, até arrumadinho. O atendimento foi bem mala. Os garçons estavam meio perdidos. Acho que é problema de casa nova.
Começamos com Johnnie Fries, fritas cobertas com queijo e bacon (R$ 25,00). Tenho que dizer que as do Outback são bem melhores. O queijo é outro, mais gordão, mais gostoso. Fora que as do Outback tem aquele temperinho ardidinho único.
De prato principal, claro, tínhamos que pedir as costelinhas. No Johnnie, há 2 versões. Fomos informados que uma é ‘light’, com menos gordura, e a outra, mais gordona e suculenta. Bom, sem dúvidas, pedimos a gorda – Sparibs (R$ 42,00). Como acompanhamento, fomos de salada ceasar e baked potato. As costelinhas e a salada são bem parecidas com as do Outback, mas a batata perde.
Tudo é muito bem servido e até os acompanhamentos do prato principal podem ser divididos.
Se vc está com desejo de Outback, mas desanima só de pensar na espera de 2h, pode ir ao Johnnie Pepper sem medo. Ainda mais se vc costuma comer os pratos triviais, como cebola e ribs. No final, ainda vai sair mais em conta.

Johnnie PepperR. Mario Ferraz, 528 – Itaim

Visite também:
Applebee’s
Mabella Steakhouse

Anúncios

, , , , , , , , ,

3 Comentários

L’Entrecôte de Ma Tante x L’Entrecôte de Paris

Depois de experimentar o entrecôte da tia do Olivier, a gente tinha que tirar a prova dos 9 e conhecer o L’Entrecôte de Paris.
A diferença já começa no ambiente, mais tradicional e românteco que o L’Entrecôte de Ma Tante, que é mais moderninho.

Sobre a comida:
A salada de folhas com nozes é boa, mas achei que tinha excesso de molho.
O entrecôte estava bem gostoso e, assim como no restaurante ‘rival’, o ponto da carne é marcado no papel da mesa. O legal é que, aqui, uma parte do entrecôte vem no prato e a outra fica quentinha no réchaud, esperando ser devorada.
A batata do Olivier é melhor, sem dúvida. As fritas são mais sequinhas e crocantes, apesar de que, mesmo murchinhas, repetimos as fritas do Paris umas 2x.
O atendimento aqui foi mais atencioso. Fomos perguntados com relação à comida algumas vezes. Depois que acabamos a carne, a atendente nos ofereceu mais molho para molharmos as batatas.
Segundo o cardápio, o molho secreto da carne leva 21 ingredientes, passa por 4 processos de cozimento e seu preparo consome 36h! Bom, eu só sei que achei esse molho mais suave que o do Olivier.
De sobremesa, claro, tínhamos que pedir a mousse de chocolate para comparação completa. A sobremesa é boa, mas acho que não bate a do Olivier. E não, eles não trazem a mousse num BALDE! Que pena.

Resumão do Tô com fome:
Preço do prato: Paris, R$ 37,90 (contra R$ 47 da Tia, quando visitamos)
Salada: não chamaram a atenção
Fritas: Ma Tante
Carne: as duas, mas pelas etapas, a do de Paris
Mousse: Ma Tante
Atendimento: Paris

L’Entrecôte de ParisR. Pedroso Alvarenga, 1135 – Itaim

Outras sugestões francesas:
De volta! E com o Le French Bazar!
Bistrô do Robin Hood
Comemoração com um toque francês

, , , , , ,

6 Comentários

Descobrindo o Itaim no almoço 2: Mabella Steak House

Não é sempre que dá para ir ao Mabella Steak House, restaurante especializado em carnes indicado pelo Palugan; mas em uma sexta-feira feliz, a gente merece. O restaurante é bem bonito, tem decoração rústica-chique, com muito detalhe em madeira.
A sugestão daquele dia era salada + salmão ou entrecôte acompanhado de risoto de abobrinha + cheesecake de frutas vermelhas.
Escolhemos a salada Juliana: folhas, palmito, bacon, batata palha, tomate. Com esses ingredientes (e com esse nome, hehe) não tem como ser ruim, né?
Ana foi a única que pediu salmão. Segundo ela, o peixe estava um pouco salgado, mas acabava equilibrando com a suavidade do risoto. Aliás, gostei bastante desse risoto, pena que vinha pouco.
Achei minha carne pouco macia (não sei se é pq pedi para passar mais) e com muita gordura. Não tive sorte.
O cheesecake estava bem gostoso. Para Gabi, que não é muito chegada, tinha sorvete!
Deu uns R$ 40,00 para cada, com bebidas e serviço (é por isso que não dá para ir sempre).
O atendimento é muito bom. A gente já saiu de lá pensando na próxima visita. O t-bone que estava sendo servido na outra mesa era de encher os olhos (e o nariz)! Os hambúrgueres tb parecem bons. Ou seja, Mabella, já, já estamos de volta!

Atualizado em 14/10/2010: Super T-bone especial de aniversário (ao lado). Incrível!

 

 

Mabella Steak HouseR. Jerônimo da Veiga, 153 – Itaim

Almoce lá também:
Descobrindo o Itaim no almoço: Madureira Sucos

, , , , , ,

1 comentário

Experiência argentina podia ter sido melhor…

Eu não conheço (e não frequento) muitos restaurantes argentinos em SP, mas o 348 Parrilla Porteña sempre se mostrou uma boa opção. Fazia tempo que a gente não ia, seria a chance de resgatar a experiência. Só que a visita do último fds foi meio triste, principalmente por causa do atendimento.
O restaurante é bem legal, parece uma casa. O ambiente é bonito, claro, apertado, mas até que agradável. Todos os garçons são jovens e modernos.
A moça que nos atendeu era bem má vontade. Fora que só deu dica zoada. Tudo bem que ela não precisa saber o quanto Arnaldo e eu somos ogros, mas as informações que passou com relação ao tamanho dos pratos foram furadas. Achei meia salada pouco para 2 pessoas (ela disse que dava). Porção de arroz (uns R$ 9,00), então, é ridícula (ela disse que dava). Sei lá se é pq japa tem nóia de arroz, mas achei pouquíssimo. Bom, se arroz for essencial na sua refeição, fica a dica.
Pedimos a salada Juliana (hehe, R$ 30,00 a inteira), com alface, palmito, batata palha, parmesão, alcaparras, tomate. Resumindo, salada gorda = salada boa.
Pedimos Ojo de bife ou miolo de contra-filé (R$ 86,00). Meia porção é suficiente para 2. Pedimos uma parte ao ponto e a outra bem passada. Bom, chegou tudo CRU. Pedimos para voltar. Nesse meio tempo, o arroz chegou e ficou na mesa, parado. Legal, né?
Para fechar, pedimos café. O legal é que vem acompanhado de um potinho de gotas de chocolate ao leite. É facinho se descontrolar e comer tudo, heuheu.
Gosto da comida de lá, mas dessa vez, o atendimento ficou a desejar.

348 Parrilla PorteñaR. Comendador Miguel Calfat, 348 – V. Olímpia

Mais caaarne:
Para o dia dos pais: Templo da Carne
Carne para amantes do churrasco

, , , , , ,

6 Comentários

Para o dia dos pais: Templo da Carne

No fds, Arnaldo e eu fomos ao Templo da Carne Marcos Bassi. É o tipo de restaurante que as famílias (grandes) escolhem para um almoção de domingo. Pois bem, apesar de servir carnes, o Templo não é uma churrascaria (rá).
Domingo, 14h, previsão de 50 minutos de espera! Deus, esperar pra comer JÁ com fome é doloroso! Sentamos no bar, comemos umas linguicinhas-aperitivo que diminuíram meu nervo e, no final, os VINTE minutos de espera passaram voando. Acho que é estratégico chutar a previsão lá no alto.
Fomos encaminhados à mesa, onde o couvert (R$ 15,80) já estava colocado. Tudo bem, golpe baixo, pois é quase impossível recusá-lo. E não pq já está lá, mas pq é lindo! Tem pão italiano, manteiga, berinjela, abobrinha assada, cenoura, azeitonas. Tudo muito bem apresentado! A reposição acontece sem parar. Cai muito bem, já que as carnes demoram um pouco para chegar.
Podem falar que eu não entendo nada de carne, mas não consigo comer peça mal passada ou ao ponto. Para não comer sola de sapato, fui de Bom-bom, o miolo da alcatra (R$ 39,00) que, mesmo bem passado, fica maciiio. A faca deslizava na carne. Achei muito boa.
Arnaldo foi de Bife Ancho (R$ 54,00). Bom tb, mas o meu era BEEM melhor, hehe. Junto das carnes, é servido um molho de alho feito com azeite, alecrim e pimenta que me matou de felicidade.
Para acompanhar, pedimos Arroz do Cozinheiro (R$ 19,00): arroz com alho, ovos mexidos, bacon (mentira, não veio no nosso) e batata palha.
As sobremesas deixam um pouco a desejar. Parecem aqueles doces-padrão terceirizados, sabe? Passamos.
O atendimento é impecável! Coisa de restaurante de pai exigente mesmo, heuehu.
Gostei. Serve para um almoço familiar dos bons! Ótima sugestão para o dia dos pais!

Templo da Carne Marcos BassiR. 13 de Maio, 668 – Bela Vista

Mais dicas para o dia dos pais:
Figueira Rubaiyat: a árvore não tem preço
Dalmo Bárbaro: frutos do mar bem servidos
Nossa experiência no Shintori
Melhor Parmegiana de São Paulo?
Overdose italiana

, , , , ,

4 Comentários

Carne para amantes do churrasco

Se você é amante de carne mas não curte Churrascarias rodizio, você precisa conhecer o Laço de Ouro. 
Lá você escolhe um tipo de carne e ele vem no espeto, só p/ você. O garçom traz a carne tira as fatias e leva o restante de volta pra assar mais. Qdo ele vê que você está acabando, ele trás de volta. 
Da última vez que fui lá, pedimos uma picanha média que acompana arroz e fritas que custava R$ 62,00. Hummmm, as batatas também são muito boas. São aquelas batatas fritas cortadas em rodelas, meio grossinhas. Nham nham. Me deu fome! 
O ambiente é normal, nada demais. A casa que fica no Paraiso é mais nova que a da Aclimação, então consequentemente é mais agradável e bonita. A clientela é basicamente de tiozinhos classe média almoçando com colegas de trabalho, ou jantares de família durante a noite. 
Bottom line, o lugar é bom. O único problema é o preço, né? Com o couvert (pãozinho com gergelim e manteiga) e as bebidas, deu R$ 33,00 por cabeça. Se você gosta de carne até explodir, muitas opções e buffet de saladas não vale a pena. Pelo preço do Laço de Ouro, você encontra umas churrascarias meia-bocas por aí e come como se não houvesse amanhã. 
Endereços: Rua Pires Mota, 525 – Aclimação e Rua Tumiaru, 35 – Paraíso

Se você é amante de carne mas não curte Churrascarias rodizio, você precisa conhecer o Laço de Ouro

Lá você escolhe um tipo de carne e ele vem no espeto, só p/ você. O garçom traz a carne tira as fatias e leva o restante de volta pra assar mais. Qdo ele vê que você está acabando, ele trás de volta. 

Da última vez que fui lá, pedimos uma picanha média que acompana arroz e fritas que custava R$ 62,00. Hummmm, as batatas também são muito boas. São aquelas batatas fritas cortadas em rodelas, meio grossinhas. Nham nham. Me deu fome! 

Laco de ouroO ambiente é normal, nada demais. A casa que fica no Paraiso é mais nova que a da Aclimação, então consequentemente é mais agradável e bonita. A clientela é basicamente de tiozinhos classe média almoçando com colegas de trabalho, ou jantares de família durante a noite. 

Bottom line, o lugar é bom. O único problema é o preço, né? Com o couvert (pãozinho com gergelim e manteiga) e as bebidas, deu R$ 33,00 por cabeça. Se você gosta de carne até explodir, muitas opções e buffet de saladas não vale a pena. Pelo preço do Laço de Ouro, você encontra umas churrascarias meia-bocas por aí e come como se não houvesse amanhã. 

Endereços: Rua Pires Mota, 525 – Aclimação e Rua Pirapora, 215 – Paraíso

, , , , , , ,

9 Comentários

Bom Retiro Brasileiro

O Bom Retiro é cheio de restaurantes Koreas ótimos.
Mas há 2 semanas descobrimos um barzinho que serve comida “normal” (Brasileira?) que é sensacional.
O local se chama Bom Ra. Tem cara de barzinho bonitinho de moema, mas fica lá no meio do Bom Retiro, perfeito pra uma comilança gorda pós-compras insanas na José Paulino.
O ambiente é agradável, nem parece que vc tá a 1 quadra do inferno na terra. Tem mesinhas na calçada e um pequeno salão interno.

Das 2 vezes que eu fui, comi a picanha acebolada na chapa e olha, eh MUITO bom. O conjunto fritas + arroz + carne serve bem 2 pessoas (3 meninas) e custa por volta de 47 reais.

Não é exatamente o lugar mais barato do mundo, mas pra quem curte uma carne no ponto certo (pra mim isso é rosa ou mal passado), vale muito a pena. Achei tão bom que semana passada saimos da Vila Mariana até o Bom Retiro só p/ almoçar lá!
Próxima meta é experimentar a feijuca aos sábados!

Endereço: Rua dos Italianos, 198 – Bom Retiro

, , , , , , , , ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: