Posts Marcados coalhada seca

Meu novo árabe favorito: Halim

Quando passei em frente ao Halim, achei que o lugar estava lotado, mas não, era apenas a galera se amontoando no balcão para comer uma esfiha ou um quibe. O salão, bem amplo, até que estava vazio.
Para começar, pedimos o trio de pastas (babaganuche, homus e coalhada seca) por R$ 21,00. A porção de pão sírio é cobrada a parte. Tudo MUITO bom, principalmente o homus e a coalhada, mais cremosa e azedinha dentre todas que já comi. Geralmente gosto muito do babaganuche, mas dessa vez, ficou em segundo plano. A coalhada estava tão boa que pedimos mais uma porção a parte (R$ 8,00).
De prato principal, fomos de kafta no espeto (grelhada na brasa, temperada com salsinha e cebola), acompanhada de arroz com aletria (R$ 22,00). Boa, mas sem muitas surpresas.
Arnaldo ainda pediu uma esfiha aberta de carne e outra de queijo. Massa fina, borda mais altinha e o melhor, a carne tem gostinho de churrasco! A esfiha de queijo, recém saída do forno, estava boa tb, mas normal.
O atendimento não é simpático, mas funciona muito bem, é eficiente e ágil.
Para fechar a refeição, vá de doces árabes ou passe no Alaska, que fica ao lado.
Conta total: R$ 86,90 para 2 pessoas. Gostei muito, muito mesmo!

Halim R. Dr. Rafael de Barros, 56 – Paraíso

Mais árabes:
Habeb, meu amigo
Descobrindo Perdizes 7 – Almoço árabe bom e barato
Comida árabe sem fim
Saj: ótima experiência na Vila Madalena
Mama de comida árabe
Esfihas mágicas

, , , , , , ,

8 Comentários

Comida árabe sem fim

Dia desses, Estene e eu conhecemos o Al H2 Arab (ô, nome difícil de lembrar), árabe escondido em um corredor do Shopping Ibirapuera.
Por R$ 33,00 (no jantar, durante a semana), vc enche a barriga de esfihas, pastas, charutos, kaftas, quibe cru e outras delícias conhecidas do mundo árabe.
Eu estava bem feliz, pois poderia comer pão sírio (servido na mesa) com coalhada seca até rolar. E foi o que fiz. Minhas idas e vindas ao bufê se resumiam a babaganuche, homus e a coalhada.
Experimentei, ainda, a esfiha fechada de carne, que estava razoável (talvez por ficar exposta no buffet), e a kafta, que achei bem boa.
Estene achou bom, ficou contente com a carne de cordeiro, mas não curtiu o quibe cru, que estava meio seco (acho que pelo mesmo motivo da esfiha).
Enfim, se vc estiver batendo perna no shopping e não quer comer fast-food, é uma boa opção, ainda mais no Ibirapuera, que não possui uma área gastronômica tão desenvolvida. Agora tem Mercearia do Francês tb. Outra boa idéia.

Al H2 ArabShopping Ibirapuera

Mais árabe:
Saj: ótima experiência na Vila Madalena
Restaurant Week Rendeu!
Mama de comida árabe

, , , , , , , , ,

2 Comentários

Churrasco de esfiha

Um dos lugares que eu mais gosto de ir é o Almanara. Não sei pq, mas sempre, SEMPRE achei que era um restaurante de CARNES. Até que fui pela primeira vez há alguns anos (achando que ia comer bife, né? Haha). É meio chato falar de restaurante de shopping, eu sei, mas considero o Almanara um lugar de boa relação custo x benefício qdo vc não tá a fim de comer na praça de alimentação. Não posso dizer que AMO comida árabe pq conheço bem pouco, mas toda vez que vou lá, tenho que pedir o Mezze de entrada (que às vezes vira prato principal): babaganuche (pasta de berinjela), homus (pasta de grão-de-bico) e coalhada seca + pães sírios. Eu podia ficar só nisso. As esfihas de carne (fechada e aberta) são incríveis, com massa bem fina. De prato principal, sempre pedimos falafel, bolinhos de grão-de-bico fritos (descobri isso há pouco tempo tb, tipo no fds, haha). É uma delícia. Vem com cebola e tomate picadinhos + molho tahine (de gergelim).
Cada um pagou aproximadamente R$ 25,00 (2 pessoas), incluindo serviço e bebidas. O ambiente é bem legalzinho tb. Todos os restaurantes (pelo menos os que já fui) têm mesas amplas com sofás, hehe. Recomendo sempre!

Almanara – Shoppings Jardim Sul, Paulista, Morumbi, Iguatemi, Villa Lobos
+
 uns endereços de rua

, , , , ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: