Posts Marcados hamburguer

Hambúrguer no vapor? É isso mesmo?

Estava bem curiosa para conhecer o Vapor burger & beer e experimentar um hambúrguer feito no vapor. Segundo o site, tudo é feito no vapor, inclusive as entradas e sobremesas.
Fui de Nacho Burger (entrecôte, queijo da casa, molho de tomate picante, nachos no pão de cebola – R$ 28). Outros pedidos da mesa foram: Duxelle (entrecôte, sautée de cogumelos, queijo da casa, molho de cebola no pão de brioche – R$ 30) e Australiano (entrecôte, mix de queijos, agrião, relish de cebola no pão australiano – R$ 29).
pão de cebola, nachos, molho picante de tomate, queijo da casa, burger de entrecoteOlha, eu curti, mas não amei. Sinceramente, senti falta de um gosto de chapa ou de fumaça, haha. Mas além disso, achei que a carne ficou pouco suculenta. Não sei se é possível escolher o ponto da carne, pois não perguntaram. E, não sei explicar, mas a carne se desfazia em pedações. Talvez por consequência do modo como é feito, mas estranhei um pouco. O sabor ficou por conta dos ingredientes mesmo. A combinação em si estava boa e o queijo da casa é demais!
O tamanho é compacto, nada desmoronando ou escorrendo pelo prato, tanto que, por default, ele é entregue sem garfo e faca. Dá para manter a classe.
A Prez acertou na escolha. Achou o Duxelle ‘com gostão de carne mesmo, não esses hambúrgueres prensados que é carne com papelão’, hahaha. Tive que manter as palavras originais. Mas o que a conquistou mesmo foi a mistura de cogumelos.
A Tereza, que foi de Australiano, achou o hambúrguer bem saboroso, a carne sequinha e saborosa. Ponto para a cebola que acompanha o hambúrguer.
Bom, eu acho que dei azar ou meu negócio é a chapa suja mesmo, hahaha. Resumindo, valeu a visita para conhecer a técnica. Acho que vale uma segunda tentativa para experimentar outras opções.

Vapor burger & beerRua Fradique Coutinho, 1464 – Vila Madalena

Mais hambúrguer!
Seu Oswaldo
Butcher’s Market
210 Diner
Burguer 3

, , , ,

5 Comentários

h3: Inovação no Fast Food

Acho que São Paulo, por mais que seja o centro gastronômico do Brasil, carece de mais inovação, principalmente no mundo da comida do dia-a-dia, refeições que custem no máximo 30 reais. Quem já foi a países desenvolvidos sabe que lá existem muitas opções que juntam o bom e barato. Por isso fiquei muito feliz em conhecer o h3, rede de fast food vinda de Portugal.

Na verdade eles se auto-entitulam um “not so fast” food. Pra mim é uma tremenda jogada de Marketing, convidando os clientes a saborearem o hamburguer de forma saudável e com garfo e faca, ao invés de devorarem um sanduíche com as mãos. Sem falar que é uma desculpa para qualquer atraso na preparação da comida.

A comida é um hamburguer de 200 gramas com diferentes coberturas e duas escolhas de acompnhamento, entre batatas em rodelas (fritas), arroz e salada. De sobremesa oferecem sorvetes artesanais. Pedi o h3 benedict (R$20), com ovo pochê, molho holandês e lasquinhas de bacon. A carne etava excelente, o arroz e a salada eram simples, mas temperados perfeitamente. E percebe-se que eles se preocuparam em usar ingredientes de primeira.

Com um chá com limão (R$3,50), a conta deu R$ 23,50. Fiquei apaixonado pelo lugar. Incrível como conseguiram misturar um menu minimalista, mas ao mesmo tempo bem atraente, com um processo simples e um tremendo Marketing. As praças de alimentação agradecem!

, , , , ,

6 Comentários

Nunca é tarde II: o hambúrguer do Seu Oswaldo

Aproveitamos o feriado de junho para conhecer o famoooso hambúrguer do Seu Oswaldo.  
Para evitar muita fila, chegamos por volta das 19h do sábado. Deu certo, estava vazio (ainda que sem lugar para sentar). Adiantamos nossos pedidos, esperamos um pouco e logo nos chamaram para o balcão.
Arnaldo e eu pedimos 4 hambúrgueres de uma vez, seguindo recomendação de várias pessoas: ‘já peçam, no mínimo, 2’.
Foram 2 cheese salada, 1 cheese egg e 1 cheese salada bacon.
Chegaram depois de certo tempo, então, ataquei, primeiro, o cheese salada. 
É uma alegria meio inexplicável, pois o hambúrguer é pequeno (cabe em uma mão), a carne é fina (parece um bife), o recheio é simples. É pão, carne, queijo, alface, maionese. O cheese salada como ele deve ser… com molho de tomate caseiro. Quem lê, pensa ‘e daí, tem nada demais’. A diferença, talvez, esteja justamente no molho ou na combinação de tudo, sei lá.
O molho, para mim, pareceu molho de tomate de pizza boa, daquelas originais mesmo.
O cheese egg tb é gostoso, mas ainda preferi o salada, pq dava para sentir melhor o gosto de tudo. Nem vale a pena colocar catchup ou mostarda.
É ótimo. Juro que pensei em ir para o terceiro (Arnaldo foi), mas achei que passaria dos limites. Preferi sair bem do que rolando (ainda que feliz).
Além de tudo isso, o atendimento é mega simpático.
A conta saiu por volta de uns R$ 25,00 por pessoa (com bebidas e chutando alto). Ah, não aceitam nenhum tipo de cartão!

Hambúrguer do Seu OswaldoR. Bom Pastor, 1659 – Ipiranga

Nunca é tarde:
Nunca é tarde: o polpettone do Jardim de Napoli 

, , , ,

12 Comentários

Lugar novo: Butcher’s Market

Passando pelas ruas do Itaim, vimos um lugar que nos chamou a atenção, tanto pelo nome quanto pela decoração: o Butcher’s Market.
Demos um Google sobre o lugar e nada. Daí, descobrimos que o restaurante é novo e, somente na semana passada, encontramos o site oficial e a página no FB. Como é perto do trabalho, não perdemos tempo!
O lugar é muito legal. Simula um galpão (ou um açougue, né?) antigo, abandonado. Tudo bem americaninho. Trilha sonora aprovada pela mesa.
Os destaques do cardápio são os hambúrgueres. Poucas opções, mas todas parecem ótimas.
Para começar, dividimos uma Cheese Chili Fries. A porção tem tamanho bom, as batatas são fininhas. Gostei, é picante na medida, mas as batatas ficaram molengas demais por causa da espessura e do molho.
Fui de Mushroom Burger: hambúrguer, queijo, cogumelos (uns R$ 25,00, com saladinha). No almoço, a refeição completa, com o hambúrguer, salada e fritas sai R$ 30,00. Gostei bastante do molhinho de tomate que acompanha o prato, levemente apimentado.
O lugar estava vazio, talvez por ser novo, mas todo mundo que passava em frente ficava curioso. O atendimento foi bom para uma casa estreante (ok, não deu para avaliar 100% pelo pouco movimento). Curti a comida, mas a carne estava um pouco seca e sem sabor, como disseram alguns à mesa. São pontos facilmente ajustáveis, acredito eu.
A casa promete bastante. Pelo menos eu torço.
De sobremesa, pedimos Sanduíche de cookie com sorvete Häagen Dazs. Estava muito bom, apesar de duro/congelado demais. O café é Nespresso.
A conta final saiu por volta de R$ 42,00 para cada. Certeza que volto lá!

Butcher’s Market – R. Bandeira Paulista, 164 – Itaim Bibi

Mais do estilo americano:
Comidinhas Americanas no 210 Diner
St. Louis, the burguer joint
MyNY Bar, pra se sentir em NY
NY é logo ali, no Itaim

, , , , ,

11 Comentários

Comidinhas Americanas no 210 Diner

No mês passado fomos conhecer o 210 Diner. Havíamos lido várias resenhas, todo mundo falando bem da comida americana gordinha, bem do jeito que eu gosto. Saí do trabalho já sabendo o que eu iria pedir: O clássico Mac and Cheese.

Chegamos, legal, gostei do ambiente… Moderno e estiloso. Podemos fazer os pedidos?

A Jussa resolveu pedir o Mac and Cheese e eu resolvi optar pela versão apimentada chamada Lousiana Hot Mac and Cheese. Meu cérebro/barriga já estava alucinando, juntar queijo e pimenta, 2 dos meus itens favoritos… OMG. Fome, fome fome!
E sabe o que aconteceu? Não tinha! Nenhum dos 2! Não sei o que é que estava em falta, se era o macarrão ou o queijo… Nem entrei nesse nível de detalhe. Foi um balde de agua fria. E agora? Eu queria tanto, vim pensando nele no caminho… Aí já deu um mau humor.

No fim das contas, eu e a Jussa optamos pelo Pigguie Burguer (R$ 29,00):

A idéia parecia boa: Hambúguer coberto com costelinha desfiada e molho barbecue. Mas não vinha queijo! Tivemos que pedir a parte, + 3 reais. Achei bom, mas nada demais. A costelinha misturada com o hamburguer foi meio desnecessára, já que fica uma mistureba de sabores que não agregava muita coisa. A Jussa achou que os ingredientes prometiam mais do que realmente foi e não dava pra sentir o gosto da costelinha. Melhor pedir só o hambúrguer mesmo.

Samuel foi de Philli Steak (R$ 31,00):

Sanduíche de rib-eye picado, queijo, cogumelos e cebola frita. Provei um pouquinho e estava bem gostosinho. A porção era grande, sem miséria. Ele saiu satisfeito, mas também não viu nada de impressionante.

Como somos muito gordos, pedimos 2 sobremesas para dividir:

Chocolate chip cookies (R$ 11,00):

O cookie era crocante por fora com chocolate derretido por dentro, acompanha uma bola de sorvete. Achei bom, diferente de todos os cookies que já comi na vida, mas era doce demais.

Devil’s food cake (R$ 14,00):

Esse achamos meio seco… Simplesmente um bloco de bolo de chocolate com calda e sorvete. O Chocolate Cake do Applebee’s ganha, fácil, fácil.

Resumindo, não nos impressionou. E ainda saímos frustradas por causa do Mac and Cheese. Gasto final por cabeça: R$ 55,00.

Endereço: Rua Pará, 210 – Higienópolis

Mesmo estilo:

St. Louis
Joe & Leo’s
Milk & Mellow
Well’s American Diner
PJ Clarke’s
América
Ritz

, , , , , , , ,

4 Comentários

Hamburguer Gourmet no Burguer 3

A idéia era comer algo perto do Karaoke Paulista lá na Manoel da Nobrega. Aí me lembrei que a Jussa tinha comentado uma vez sobre o Burguer 3, então lá fomos nós.

A primeira impressão foi: Nossa, que lugar minúsculo. Ambiente clean, mas meio sem graça. E até um pouco “frio”.

Abrimos o cardápio… Ai que caro! Hamburguer normal era meio tédio, então optamos pelos Hamburguers Gourmet, com nomes de países. Eu gostei do Japão, pq se eu vejo no cardápio qualquer coisa que venha wasabi junto, não consigo não pedir.

O Hamburguer chegou desmontado no prato, com pãozinho fatiado e saladinha. Ok… Bonitinho, mas não era o que eu esperava. Eu não sou a favor de hamburguer com firula. Gosto de pão, carne queijo e molho. Não um prato bonitinho com saladinha.

Não foi ruim, mas também não foi mágico.

Resumindo: A brincadeira saiu R$ 33,50 dividindo uma batatinha e uma coca. Não acho que vale. Mas se algum dia eu estiver pelas redondezas da Paulista e sem inspiração para algum lugar novo, volto pra comer pão, carne e queijo, um em cima do outro.

Endereço: Rua Manoel da Nóbrega, 88, loja 18. Fica numa daquelas galerias antigas perto da Brigadeiro.

Mais Burguer:

St. Louis, the burguer joint
Melhor hamburguer de SP?
Descobrindo Perdizes – parte 2: O Zé
A tradição não contou…
1º vez na Joaquim Floriano
É um hit…
Fome de Hamburguer!

, , , ,

4 Comentários

Johnnie Pepper, o novo Outback

Se vc adora a comida do Outback, mas está cansado do ambiente ou das filas intermináveis, ou simplesmente quer variar (um pouco), conheça o Johnnie Pepper.
Essa casa, recém-aberta no Itaim, tem origem no Rio de Janeiro. O cardápio é quase idêntico ao do Outback. É impossível não comparar: tem a cebola, a salada ceasar, as fritas com queijo e bacon, a costelinha de porco, as bebidas de refil, as sobremesas animalescas.
O ambiente é mais bonito e moderno. É mais claro, tranqüilo, até arrumadinho. O atendimento foi bem mala. Os garçons estavam meio perdidos. Acho que é problema de casa nova.
Começamos com Johnnie Fries, fritas cobertas com queijo e bacon (R$ 25,00). Tenho que dizer que as do Outback são bem melhores. O queijo é outro, mais gordão, mais gostoso. Fora que as do Outback tem aquele temperinho ardidinho único.
De prato principal, claro, tínhamos que pedir as costelinhas. No Johnnie, há 2 versões. Fomos informados que uma é ‘light’, com menos gordura, e a outra, mais gordona e suculenta. Bom, sem dúvidas, pedimos a gorda – Sparibs (R$ 42,00). Como acompanhamento, fomos de salada ceasar e baked potato. As costelinhas e a salada são bem parecidas com as do Outback, mas a batata perde.
Tudo é muito bem servido e até os acompanhamentos do prato principal podem ser divididos.
Se vc está com desejo de Outback, mas desanima só de pensar na espera de 2h, pode ir ao Johnnie Pepper sem medo. Ainda mais se vc costuma comer os pratos triviais, como cebola e ribs. No final, ainda vai sair mais em conta.

Johnnie PepperR. Mario Ferraz, 528 – Itaim

Visite também:
Applebee’s
Mabella Steakhouse

, , , , , , , , ,

3 Comentários

%d blogueiros gostam disto: