Posts Marcados pastel

Pastel + sorvete = felicidade!

Na nóia de comer pastel, Arnaldo e eu fomos ao Yokoyama no domingão. A gente fez a festa. Aí vão nossos pedidos e considerações:
– Bolinho de carne: feito com massa de batata, é bom, mas não achei nada demaaaais;
– Esfiha fechada de carne: muuuuito boa! A massa é bem fina, o recheio é farto e gostoso! Adorei!
– Pastel de queijo: pedi errado! O pastel de queijo é, na verdade, de queijo BRANCO. O tradicional de queijo é o de mussarela. Bom, nem preciso falar que não gostei, né? Não curto pastel light, hehe.
– Pastel de palmito: bem recheado, bem temperado. Como foi o primeiro que comi, me surpreendi mais com a massa.
– Pastel de camarão com catupiry: bem bom. Veio tanto recheio, que a massa rachou. Arnaldo teve que comer o pastel com garfo. Vergonha!
– Pastel de palmito com atum: não experimentei, mas com o histórico acima, ruim não deve ser.

A massa do pastel é bem fininha, sequinha e crocante. Os pastéis vêm muito bem recheados. Gostei muito, mas ainda prefiro a massa do Yoka (que nem sujava o papel de óleo).
Total da conta, com 2 Cocas: R$ 32,00! O preço dos pastéis varia de R$ 3,30 a 6,70.

No fim do dia, fomos, ainda, ao America aproveitar o 6º Festival de Frozen que tá rolando. Eu pedi uma das sugestões do evento: Frozen Brigadeiro de Pistache (frozen yogurt com brigadeiro de pistache, salpicado com farofa de pistache e crocante de brownie, R$ 12,40). Arnaldo não quis arriscar e pediu nosso favorito, o de Nutella com calda de frutas vermelhas (R$ 12,40). Eu gostei do de pistache. O brigadeiro fica molinho e dá para misturar ao iogurte. É doce na medida. Gostosinho mesmo é o biscoito de brownie! Mas olha, não bate o frozen de Nutella. Esse é campeão.

YokoyamaR. Luís Góis, 1151 – Mirandópolis
Av. Lins de Vasconcelos, 1365 – Cambuci
AmericaAl. Santos, 957 – Cerqueira César
+ um monte de endereços

Mais diversão:
Pastel da Sena Madureira
O japonês e seu pastel incrível!
Pastel made in Brazil
Tomando iogurte no Jardins.
Alaska: destino certo para fugir do calor
O incrível mundo dos picolés bizarros do cerrado!

Anúncios

, , , , , ,

2 Comentários

Bebedeira no Campo de Marte

Todo mundo conheco o Bar Brahma né? Aquele…. da Ipiranga com a São João… Pois é… Bom, se vc gosta do Bar Brahma mas não gosta de ir pro centro da cidade, eles abriram a filial Bar Brahma Aeroclube num hangar lá dentro do Campo de Marte. (Sim, longe tb) 

Bar Brahma

O bar é enorme, com um deck na area externa e um salão interno com mais um milhão de mesas, onde toca música ao vivo (Não lembro o genero. Provavelmente MPB).  

chopp pastel

A comida é boa… Petiscos de boteco com preços normais, chopp a R$ 4,50 e couvert de R$ 5,00. 

Dica: Logo que vc entrar no portão, já vai parando o carro na ruazinha, que é de graça. Caso vc não seja miguelento na porta do bar, o manobrista custa R$5,00.

Bottom line: Bom, mas nada impressionante. Bom para aniversários, já que a comanda é indivual. 

Endereço: Av. Olavo Fontoura, 650 – Santana

Mais Bares:  
Exigências da Vida Moderna
“Tu és forte, tu és grande”
Aniversário stress-free 

, , , , , , , , , , ,

1 comentário

Pastel da Sena Madureira

Ó o fim de semana chegando aeee, gente! 

No fds estávamos em busca de um lugar agradável, ao ar livre, de comidinhas lights e clima de praia. Difícil, né? Ah, e não podia ser bombado de gente e nem fora do circuito vila mariana/sta cruz. E num momento desespero sem idéias, fomos parar no Pastel da Sena Madureira. O lugar se chama Pastel Croc 30. Que nome mais bizarrento ne? 

Não têm exatamente o clima de praia que nós gostaríamos, mas pelo menos era ao ar livre. O Pastel também não  é light, mas tinha o caldo de cana. Que eu não se se eh light, mas que algum bem pra saúde deve fazer. 

O lugar é bem simples, cara de lanchonete de inteiror. E a única coisa que eu acho um pouco desgradável é que fica passando milhares de carro na Sena Madureira. Mas… não tem muito o q fazer em relação a isso. 
pastelO pastel lá é gigolesco. Como era momento lanchinho da tarde, cada 2 meninas diviriam 1 pastel, que tinha 30 cm! O preço do pastel era por volta de R$ 8,00 ~ R$ 12,00. Bem recheado, ínumeras opções de recheio, vem num pratinho, a massa é boa e sequinha… Eu não tenho nada a reclamar de lá. 

É uma boa opção p/ um fds pasmante, se vc mora por perto, tá na nóia de pastel, mas a feira já acabou. 

Endereço: Rua Sena Madureira, 450 – Vila Mariana

, , , , , , , ,

6 Comentários

O japonês e seu pastel incrível!

E pra fechar o Carnaval gordo com chave de ouro, fomos ao Yoka. Arnaldo e eu estávamos tão empolgados em comer o pastel de lá, que fomos de Cotia à Liberdade competindo pra quem sabia mais palavras que rimavam com Yoka. Sim, a gente é besta.
Bom, depois de mta paçoca, mandioca, pipoca, fofoca, chegamos ao lugar. Simples, feio, apertadinho, cheio. Comecei com um de palmito (R$ 2,80) e Arnaldo (acho que empolgado com nossa visita à Bragança) foi de calabresa com catupiry (R$ 4,00).
Pois bem. O pastel de calabresa chegou perfeito à mesa. Lindo, sequinho, cheio de recheio. O meu apareceu pingando de óleo, de formar poça no prato. Nunca tinha visto aquilo em pastel de feira, imagina em pastel “de marca”! Fiquei triste, meio decepcionada.
Pedimos pra trocar. Esperei um pouquinho e eis que ele chega, sequinho, leve, crocante e incrível! O saquinho de papel em que ele vem fica praticamente intacto! Não sei qual é a mágica, só sei que é bom demais. Massa perfeita e recheio farto/bem temperado.
Pediram desculpas e eu aceitei, sem hesitar. Sou facinha mesmo.
De saideira, pedimos um dos pastéis mais caros do cardápio, o de palmito com camarão (o outro é o de bacalhau, R$ 7,00). Bom, não tem nada demais. Até que vem bastante camarão, mas olha, na boa, dá pra desencanar e ficar nos sabores triviais, que são mais baratos e ótimos.
É caro pra um pastel? Sim, mas vale a pena. É bom MESMO.
Fiquei curiosa com o pastel japonês, com tofu, shitake, kamaboko (massa de peixe) e cebolinha. Fica pra próxima!
Na hora de pagar, o japonês pediu desculpas novamente, se justificou e, já brother do Arnaldo, recomendou que a gente experimentasse o bolinho de bacalhau na próxima visita. Pode apostar, seu Yoka!

YokaR. dos Estudantes, 37 – Liberdade
Mais pastel em SP, aqui e aqui!

, , ,

Deixe um comentário

Pastel made in Brazil

Uma das coisas que eu mais gosto na vida é pastel. Comer pastel e beber garapa, então… o mundo pode acabar amanhã que eu morro contente. Um lugar legal de pastel é a Pastelaria Brasileira. Aliás, de pastel, esfiha, coxinha, empada, kibe, todas essas coisas boas. Os recheios são básicos: carne, palmito, queijo, pizza etc. Cada um custa R$ 2,50. É um pouco menor que o pastel de feira, mas o recheio é farto, tem menos vento e a massa é sequinha. Existem os pastéis especiais, com tamanho e recheio avantajados que saem uns R$ 5,00. Eu nunca comi, mas ACHO que basta um para encher. O lugar é meio pedreiro (bom, é pra vender pastel, né? Tá melhor que barraca) e, apesar de ser fechado, vc não sai cheirando fumaça! Incrível, hein?
Legal que vc vê o pessoal puxando a massa, recheando os pastéis, tudo na hora.
Agora, de sobremesa, tem uma tortinha de banana que é sensacionaaal! A casquinha de açúcar, a canela, o recheio, tudo é perfeito! Custa em torno de R$ 2,00 e dá até para dividir se vc já estiver rolando de tanto pastel! O importante é não dispensá-la, hueheu.
Só aconselho evitar o lugar em dias de jogo no Parque Antarctica, já que a Pastelaria fica em frente ao estádio. Quer dizer, a não ser que vc não se incomode, hehe.

Pastelaria BrasileiraR. Turiaçu, 2113 – Pompéia

, , , , ,

Deixe um comentário

Almoço na feira

Eu e meu irmão resolvemos trocar a feijoada de sábado pelo pastel de feira.
Fomos até o Pacaembu atrás da barraca do Zé. Acho que já era hora da xepa, pois a feira estava bem vazia.
De longe, avistamos a barraca, a mais cheia, claro. O atendimento é bastante rápido e ágil. E o Zé é o “fritador.
Grande parte dos pastéis tem o preço de R$ 2,00, exceto os especiais, com tamanho e recheio mais avantajados. Os recheios variam do queijo ao bacalhau.
Eu acho que não fui mto feliz na escolha dos recheios. Não curti mto o de camarão com catupiry, por ser uma massa de camarão sem pedaços (bom, pelo menos não encontrei). O de palmito me pareceu bastante comum tb. Quase peguei o terceiro, mas desencanei, haha.
Agora, a massa, essa realmente surpreende. Fica sequinha e crocante. Dá para comer só a casca com gosto. E outra coisa mto importante: seu estômago não fica lembrando o pastel durante o resto do dia.
Olha, é um programão para um sábado de manhã. Pastel bom com garapa. Sensacional.

, , , , , ,

2 Comentários

%d blogueiros gostam disto: