Posts Marcados sushi

[off topic] Un poquito de Peru para ustedes

Pessoal, aqui está o pouco que eu conheci da comida peruana em alguns dias de férias no Peru. Simplesmente riquíssima.

1. Chicarron de porco, um dos pratos mais típicos, seria o equivalente ao nosso churrasco vinagrete. Carne de porco cozida no pão, com molho de cebola, pimenta, limão e outras coisas indecifráveis. Normalmente servido com camote.

1a

1b

1c

2. Camote, um dos muitos tipos de batatas do peru. Este é levemente adocicado, servido picado e frito.

2

3. Causa (leia-se calça) de caranguejo, feito com batata amarela peruana, recheio de caranguejo e aqui servido com dois molhos de pimenta. Fantástico.

3

4. Ceviche de peixe, feito com diferentes tipos de peixe, temperado com cebola, salsinha, coentro, pimentão e limão. Não achei tão bom quanto o equatoriano, mas também só comi uma vez. Talvez não tenha ido ao melhor lugar.

4

5. Cancha, mais um das dezenas de tipos de milho do Peru. Este, em especial, é tostado e salgado e servido como aperitivo antes de ou durante uma refeição ou para acompanhar uma bebida.
6. Coca sour, um drink feito de pisco e essência de coca (aquela mesma), com um amargo gostoso, achei melhor que o pisco sour, por não ser tão doce.

5+6

7. Chow Fan, que significa arroz frito em cantonês, de frutos do mar. A cozinha peruana tem muita influência da chinesa, que adaptada ao paladar local, se chama comida chi fa (versão peruana da palavra comer em chinês). Dizem que existem mais restaurantes chi fa do que cevicherias em Lima.

7

8. Sushi peruano, usualmente leva abacate no meio. Tirando a gafe do abacate, não há o que reclamar. De primeiríssima. Também existem muitos restaurantes japoneses no país. Vocês lembram do Fujimori?

8

OK, onde estão os peruanos de SP?

, , , , , , ,

12 Comentários

Meu Sushi: Sushi que é a sua cara

Logo que entrei no Meu Sushi, achei o lugar bem fofim. É moderninho, colorido, bonitinho. Total restaurante japonês para gaijins.
O restaurante segue o conceito de comida rápida e saudável. A idéia é que vc possa sair andando com seu bento (a marmita japa) na mão, mas a gente preferiu ficar no salão mesmo.
Lá, vc pode escolher entre os diversos combinados de sushis, de acordo com seu ‘estilo’ (Esporte, Veggie, Nada Cru e por aí vai), em 2 versões: individual (por volta de 15 sushis) e duplo (por volta de 30).
Se vc não curtir as sugestões da casa, pode montar sua combinação (R$ 37,00). Achei o esquema meio complicado. Poderia ter um papel em que vc pudesse ir marcando os sushis que quer, ao invés de ficar falando para o garçom ‘quero 3 disso, 2 daquilo’.
O atendimento é meio confuso. Nem o cara sabia responder às nossas perguntas e a moça fazia o tipo amiga-querida mala.
Quinze sushis podem parecer muita coisa, mas não se engane, eles são bem pequenos. Não há nenhum sushi anormal, só algumas invencionices, como o de shimeji.
A comida estava gostosa e bem feita, mas sem muitas surpresas.
Gostei do conceito e do lugar, mas achei caro para comer somente sushis, ainda mais se vc pensar que, por um pouco mais, dá para ir a um rodízio bonzão e comer de tudo.
Detalhe para os hashis que vêm em caixinhas. Muito simpático!
Tem pratos quentes tb, como yakisoba, soba, teppan; além de algumas entradas, como guioza, robatas, shimeji etc.

Meu SushiAl. Campinas, 1179 – Jardim Paulista

Mais japas:
Flying Sushi, o Japonês Injustiçado
Carê house acabou, mas ainda temos o Pub Kei
Teishoku, onegai shimasu!
Yamaga, japonês tradicional na Liba

, , , , , ,

5 Comentários

Teishoku, onegai shimasu!

Hoje fui à Liba fazer uma comprinha e aproveitei para comer uma comida japonesa. Fui pela segunda vez no Itidai, mais um dos restaurantes tradicionais e não tão modernos do bairro, como o Yamaga.

Itidai TeishokuA dica são os teishokus, combinados que misturam pratos quentes e frios. Ótimo para quem quer variedade e não quer se matar de comer num rodózio. Eles têm uma lista grande de opções, que variam de 25 a 30 e pouco reais. Pedi o basicão teishoku box (R$25). Vem com missoshiro, 7 fatias de sashimi, anchova grelhada, tempurá, arroz branco e legumes em conserva. Tudo muito bom. Você realmente sai satisfeito, ao contrário dos teishokus migué dos shoppings (e pelo mesmo preço).

De novo. O ambiente não é moderno. Tem cara de tradicional e velho, porém clean. Por isso mesmo que gosto de lá. Fico imaginando que os restaurantes no Japão devem ser assim. E ainda mais que toca de fundo uma música japonesa antiga! Tem dois tatames para os grupos. O atendimento é bem simpático.

Total da conta foi R$32. Também existem opções de lamen (já experimentei e é bom), sushis, sashimis e rodízio.

Endereço: Rua Tomáz Gonzaga, 70 – Liberdade – Tel: 3207 3975

Outros restaurantes japoneses na Tomáz Gonzaga:

Yamaga, japonês tradicional na Liba
Mais lamen!
Porque não o Porque Sim?

, , , , , , , ,

2 Comentários

Yamaga, japonês tradicional na Liba

Outro dia,  perambulando pela liberdade, resolvemos encarar o Restaurante Yamaga.
O ambiente é simples, reservado, mas têm um quê de especial, decoração bem japonês clichê, no bom sentido. Mas claro, tudo é meio antigo, tipico dos restaurantes tradicionais da liba.

Pra fazer o pedido foi meio complicado. Tudo estava escrito em “português”, eu até conseguia ler, mas além do básicos “Teppan, sushi, sahimi, temaki”, eu não conseguia lembrar direito o que as demais palavras significavam e tive que ficar perguntando pra tiazinha. Até senti falta dos amigos Vaiquevaienses pra esclarecer algumas dúvidas sobre o menu japortuguês.

A comida é bem feita, o sashimi estava no ponto certo e as porções eram honestas. Pedimos um combinado de Sashimi, um combinado de peixe frito (ok, deve ter um nome japa pra isso) e tempurá misto de legumes e camarão para dividir em 3 pessoas. Tudo acompanhado de entradinhas, arroz e missoshiru, que aliás devo dizer que foi o melhor que já tomei, pq vem com umas massinhas fritas dentro… é… err… não sei explicar.

Tempuracombinado

Único problema da noite: Eu quis pedir doce. Vontade louca de tempurá de sorvete (Bola de sorvete empanada). E quando chegou, fiquei mega decepcionada. Foi o pior da minha vida. Mega oleoso, massa com gosto de ovo, sorvete vagabundo. Definitivamente não foi uma boa escolha.

A conta saiu R$ 110,00. Ou seja, R$ 37,00 por cabeça. Para comer comida japonesa a la carte, o preço está mais do que bom.

Endereço: R. Tomaz Gonzaga, 66 – Liberdade

Restaurantes na mesma rua: 
Chinês Top 1 2008, até o momento.
Mais lamen!
Porque não o Porque Sim?

, , , , , , , , ,

6 Comentários

Mimatsu muda e vira New Mimatsu!

O restaurante Mimatsu na liberdade era um daqueles lugares que a comida era boa, mas a casa era tão feinha, os móveis tão antigos que dava a impressão de ser meio sujo. Aí, consequentemente, a nossa frequência no restaurante não era muito constante. 

No fim de semana passado, para minha surpresa, o restaurante mudou para a casa vizinha e nada além da comida te lembra o lugar pequenino e escuro do passado. O salão ficou amplo, móveis novos, e casa cheia! E o nome virou New Mimatsu.

Recomendadíssimo! Agora ficou bom, bonito e barato!
Leia o nosso post anterior para saber sobre a comida: Japa Ogro da Floresta (que agora não é mais ogro).

Endereço: R. Galvão Bueno, 475 – Liberdade

, , , , , , , , , , , , , ,

1 comentário

Porque não o Porque Sim?

A graça de ser oriental no BR, é que além de vc conhecer os lugares normais, vc ainda tem todo um lado B que faz com que vc conheca uns buracos pela cidade que normalmente as pessoas não fazem ideia. 

Um desses lugares é o Karaoke & Lamen House Porque Sim. Na verdade ele é bem popular no mundo oriental, mas ainda não conheci nenhum amigo brasileiro que já tenha ouvido falar de lá.

PorquesimpqsimNo terreo funciona um restaurantinho japonês. Os pratos são tipo combinados. Vem umas porçõezinhas de conserva ou legumes japonezinhos, missoshiru, arroz, saladinha e o prato principal. Tem muito prato quente, tipo os tonkatsu, lamen, e também sashimis. O combinado mais caro custa R$30,00. Custo benefício ótimo. As comidas são realmente muito bem feitas. Nunca ocorreu de ir lá e pegar um dia ruim do Chef e a comida chegar zoada. Disciplina Japoronga! huahuauha. Olha, de verdade… É um dos meus lugares simples preferidos. A melhor opção que eu conheço p/ um domingo ressaquento, que você só quer comer uma comida boa, sem frescuras. 

O ambiente não tem nada demais. Sem luxo e glamour, sem modernidades. Tem 2 garçons que são japonezinhos mesmo. Falam portugues malemal com sotaque. Diz a lenda que eles faziam parte dos Yakuzas no japão e alguma merda ocorreu e eles “fugiram” p/ o BR. 

Aíííí, depois de vc se empanturrar de comida, fecha um box e solte o rock star dentro de você. No andar de cima funciona um karaokê box fechado. Ou seja, vc junta meia duzia de amigos, fecha um box e canta até ninguém aguentar mais a sua voz e sua performance maluca. Se não me engano, o box custa em torno de R$ 30,00 a 60,00 a hora. São somente 4 salas… Acho que 3 pequenas que cabem umas 8 pessoas, e uma maior que devem caber umas 15-20 pessoas. A pasta de músicas é razoavelmente completa. Músicas nacionais atualizadas não são o forte, mas a pasta de músicas em inglês tem bastante variedade sim. Dá p/ ficar umas 3 hrs cantando, fácil! 

Endereço: Rua Tomás Gonzaga, 75 – Liberdade.

, , , , , , , , , , , ,

4 Comentários

Balada Japa

Fazia tempo que eu queria ir conhecer o Mori Sushi, já que eu conhecia as filiais em Cairo. Quem não conhecia era a hostess, mas tudo bem, na verdade parece que não pertencem ao mesmo dono e a proposta é bem diferente. As filiais no exterior parecem que só mantem algum tipo de parceria. Obrigado à Carol, a mais paulistana das curitibanas, pelo cartão do restaurante.

Chegamos às 22h e havia fila de espera gigante! Tivemos que esperar mais ou menos meia hora. Só não desistimos porque não haveriam muitas opções abertas a essa hora. Eu me senti um pouco mulambento no lugar. Não que eu Mori Sushi 1estivesse especialmente mal vestido, é que estava todo mundo produzido! Parecia baladinha Vila Mori Sushi 2Olímpia / restaurante do mundo de Caras. O ambiente combinava: moderno e aconchegante, à meia luz.

Mas vamos à comida. Fomos de Festival. Ele vem com tempurá, gyosa, gunkan flambado, harumaki hot roll, lula, peixe prego grelhado, vários tipos de sushis e sashimis etc. Os pratos chamam a atenção pela sofisticação e qualidade, os sashimis são gordos e no ponto certo. Vejam as fotos! E dá pra repetir o que quiser. Pedimos só um pouquinho de salmão a mais Mori Sushi 3no final e trouxeram um prato bem razoável de sashimi. Pedimos também um temaki de salmão, esse não tinha nada de especial. De sobremesa.. Surpresa! Sorvete Häagen-Dazs! Genial!

Por dois reais a mais pode se sentar no balcão, de frente para os sushimen. Pelo que me contaram, tem alguns pratos especiais. Em termos de fartura não se iguala a outros rodízios, como o Sushi Isao, Yassu ou afins. Mas a combinação que faz a diferença: comida de primeira, o preparo, o ambiente, as “pessoas bonitas”, a sobremesa. Definitivamente um lugar para uma ocasião especial ou para impressionar.

Tudo por R$63 por pessoa. Ou você achou que ia impressionar alguém gastando pouco? 🙂

Endereço: Rua da Consolação 3610, Jardins

, , , , ,

5 Comentários

%d blogueiros gostam disto: